terça-feira, 18 de maio de 2010

Mas que percebo eu dessas coisas?



Eu estou completamente fascinada por esta nova classe que eu descobri através da blogosfera que são as fashionistas. E as fashionistas são o máximo, há que dizê-lo. Sou fã, completamente fã de algumas delas. Algumas dão-me raiva por serem tão giras e por tudo lhes assentar na perfeição. Outras nem por isso.

Sem elas eu nunca saberia que determinadas coisas se usariam. Nunca saberia que a coisa mais ridícula e mais estapafúrdia pode sempre virar moda desde que as tais it girls as vistam. Ou desde que uma das fashionistas mais influentes diga que aquilo se vai usar. E depois, é ver todas a quererem usar aquilo, que pode ser um verniz verde cor de vómito (que eu acho giríssimo nas unhas das adolescentes), ou umas soquetes dentro de uns sapatos de salto alto numa mulher de trinta anos.

11 comentários:

Vida de Gorda disse...

Oh....eu diria que não são as meninas dos blogs que ditam as tendências. Elas apenas são seguidoras mais atentas das tendências internacionais. Claro que podemos sempre lançar a nossa propria moda mas em tanto tempo de leituras fashionistas nunca vi nenhuma que o fizesse. São sempre recpercusões de tendencias "mais altas" (sim que eu posso não perceber de muita coisa mas de moda entendo). Na verdade quem lê e vive moda é sempre influênciado não há por onde fugir.

Cris disse...

Era a isto que me referia quando escreveu o post sobre os adolescentes terem a tendência a imitarem-se (ou imitar-se?) uns aos outros. :)

GATA disse...

ADENDA: não consideras fashionista a Kittyzinha do Porto, pois não???

GATA disse...

Do alto dos meus saltos -sem soquetes- digo-te que as fashionistas comigo não têm sorte, porque eu visto o que quero e me apetece! Eu gosto de moda mas não sou uma vítima da dita!

Frutinha disse...

soquetes. YUCK

joana disse...

Também eu! E confesso que ajuda a coordenar aquelas peças que temos no armário e nunca iríamos juntar. Sou daquelas pessoas que tinha o hábito de comparar imensa roupa, desde que acompanho 3 ou 4 blogs faço compras mais pensadas e a coordenar com roupa e acessórios meus que nunca tal me passaria pela cabeça. Viva esses quidas!
PS- E ainda se poupa!

Precis Almana disse...

E a palavra fashiononista que não me convence nem por nada?

m. disse...

Ahahah. Tem razão. Agora, toda a gente descobriu uma fashionista dentro de si, toda a gente é stylist, toda a gente quer ser arrojada e original. Não importa resvalar para o ridiculo de uns outfits combinadinhos ao extremo ou misturar padrões zebra com riscas navy e clogs e flores, toda a gente pensa que percebe muito de moda, de compras, de marcas, de tendências. Ainda assim, prefiro esta gente com mania de fashionistas do que com a mania de sexólogas ou acompanhantes de luxo que havia há uns tempos (como a Kitty já referiu num post um destes dias). Pode ser que, no fim, nasça qualquer coisa boa daqui. Dos blogs de fashionistas portuguesas, acho que só dois é que valem mesmo a pena, o resto é só carneirada a pensar que é muito original e estilosa.

Patricia disse...

Digo, blog de fashionistas...

Ivania santos By DIAMOND disse...

èhehe ;) belo post este!

e PARABÉNS... 2 milhoes de visitas? é obraaaa =)

tenho sorteio, participa! biju biuju**

Patricia disse...

Oi Kitty, você sugere algum? Pois não conheço nenhum... Pode ser de Portugal mesmo, pra fazer moda no Brasil! =)
beijinho