domingo, 23 de maio de 2010

Do amor


Up (2009)

Eu ainda acredito no felizes para sempre. Cada vez menos, é certo. Mas ainda acredito. Por isso só aceito um grande amor - real love. ridiculous, inconvenient, consuming, can't-live-without-each-other love.* Tudo o resto não me chega.

*SATC

12 comentários:

Izzie disse...

para quê contentarmo-nos com metades, se podemos ser felizes por inteiro? Os finais felizes existem. e também acredito no "para sempre", cada vez mais.

anaferro disse...

Acho que a idade nos faz mesmo isso. Eu penso que deixamos de desejar uma qualquer história, algo que nos entretenha os dias, que nos faça sentir aqueles arrepios. Depois começamos a desejar a tranquilidade de uma vida a dois, a confiança, a paixão, sim, mas uma paixão diferente, maior, enorme, gigante!

Eu sinto-me assim agora, é nisso que penso e é isso que desejo encontrar. Esse grande amor! E também acredito que existem aqueles que são para sempre. É bom acreditar!

GlossinDreams disse...

Oláááá:) Concordo completamente contigo. Ou é grande o Amor, ou então não vale o risco...
Beijinhos
P.S - A isto se chama romantismo incurável.

Eve disse...

Também eu!
Sou uma romântica incurável e acredito no (tão bom) Happily ever after :)

Sonhadora disse...

Ai esse filme é uma delícia..Que amor aquele! Tudo o que qualquer mulher sonha para a sua vida...pelo menos as românticas como nós!
beijinhos.

Almofadas disse...

O verdadeiro amor não é assim, lamento. Tudo o que descreves é apenas paixão. Anda muita gente enganada com o que o amor é de facto.

Teresa disse...

Essa foi uma grande tirada do SATC.
E quem já viveu um grande amor não pode nunca contentar-se com um amor só mais ou menos, ou só assim-assim. Não serve. :)))

Bafejada pelas Musas disse...

Eu acredito que esse amor existe, e espero incansavelmente por ele.:)
Esse filme é a coisa mais querida dos últimos tempos, chorei como uma madalena:D
***

Su disse...

Fogo, o que chorei com essa história de amor!

Zélia disse...

Eu chorei a ver o filme... está tudo dito xP

Shiine* disse...

Eu acredito no felizes para sempre, se não acreditasse não namorava. Pois namorar a pensar que vai acabar não serve de nada.

S. disse...

Adorei, amei, apaixonei-me pelo filme!