sexta-feira, 30 de abril de 2010

Vamos ver quanto tempo duram os resultados da terapia


Alessandra Ambrosio

Sabem aquela sensação de sorriso parvo todos os dias, campos de flores e borboletas à volta? Aquela sensação de que o mundo até pode desabar à nossa volta que nós estamos sempre a rir feitas tolas e a atirar piadas para o ar? Aquela sensação de não nos irritarmos com absolutamente nada? Pois. Tenho andado assim desde que vim de Nova Iorque. E, pasmem-se, não estou apaixonada de fresco. É por isso que ir uma vez por ano a Nova Iorque já não é turismo para mim, já é mesmo terapia.

8 comentários:

o stressado disse...

NY é outra realidade... saudades.
Amiga do face.
http://ostressado.blogspot.com/2010/04/mural-dkny.html

joana disse...

Queria uma terapia dessas já!Bom fds!

Amélie disse...

Então que a terapia seja de longa duração :)

mademoisellejoanne disse...

senti-me igual quando voltei de paris!!!

Inspiração Inesperada disse...

Esse tipo de terapia agrada-me muito :) Aliás, não são todas as viagens, num sentido ou noutro, terapêuticas?

Isabel disse...

Comigo é Roma ou Paris... e bem que estava a precisar de uma terapia assim agora.

MY WORLD disse...

quem me dera ir a NY....

E. disse...

Essa terapia deve ser mesmo infalível :) Também a quero para mim!

Um Beijinho*