quarta-feira, 17 de março de 2010

É a loucura - Parte II


Amanda Seyfried

Pois, antes de adormecer no sofá a ver colocações de bandas gástricas em estômagos gordos, lá fui eu feita ratinha de esgoto (dar alguma utilidade ao Facebook) cuscar os nomes de alguns coleguinhas de liceu no Facebook. Que horror. Mas como é que eu não me tinha lembrado de fazer isto antes? Inadmissível.

Alguns estão assim um bocadinho a atirar para o assustador. Os homens, sobretudo, estão quase todos de fugir e não olhar para trás. Até alguns que eram muito populares e giros na altura, agora não passam de uns balofos homens de família. Elas estão melhorzinhas do que eles, é um facto. O que vem confirmar a minha mais recente teoria de que, hoje em dia, uma mulher que se cuide dá um bailinho a um homem da mesma idade.

É para evitar que pesquisas destas venham parar ao meu perfil que eu não tenho o meu nome completo, nem tampouco o meu primeiro e último nome no Facebook, e também não tenho uma foto de rosto como imagem do perfil. Sou tão espertinha. Benza-me Deus.

11 comentários:

kiss me disse...

É a coisa de ter crescido numa cidade epquena. As pessoas que andaram comigo no liceu (grande parte, claro, que outros desapareceram) vejo-as todos os fins de semana no café. Não dá para ter esses sustos.

Vera disse...

iso não se faz....:)

disse...

Eu tenho uma foto e o meu nome e tenho-me deliciado a encontrar e ser encontrada por amigos que não vejo há imenso tempo e mesmo de ter já marcado encontros com alguns deles, para pormos a conversa em dia :)

Filipa disse...

Mas eu também esperta... consegui encontrar-te na mesma. LoL! ;)

hierra disse...

Eu tb tenho uma foto ao longe na imagem de perfil, quem a vê ficará na dúvida se serei eu ou não...
´Confesso que há tempos fiz uma pesquisa aos ex-namorados no facebook e constatei que os desgraçados estão até giros, estão é muito mal acompanhados...lol

Precis Almana disse...

Obrigada por me dares mais razões para eu não gostar de redes sociais ;-p

Mak, o Mau disse...

Eu, no Facebook, sou eu. Por uma razão de coerência tento ser nas redes sociais uma reprodução fiel do ser aviltante e desinteressante que sou na vida real.

Não quero que depois me venham cá acusar de coisas.

Vee disse...

Ah Ah Ah Ah Ah!!!
Eu também gosto de cuscar os perfis do pessoal conhecido nas redes, é verdade que as surpresas são muitas.
Também concordo com essa teoria, as mulheres normalmente estão melhores que os homens (algumas até estão melhores do que antes).

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

Tenha sempre Ótimos Dias!!!

SONETO DE HOJE

Impossível de ti ter dependência

Se nós somos um quando misturados

Se assim o dizes é sem sapiência.

Choras, porque te arrasta o teu passado.


Pensas em mim, apelos de carência

Da alma e do corpo sempre fatigados

Que parecem votados à querência

Pois um pedaço sente-se condenado.


O inferno, somos nós quem o criamos

Meu amor, ele está na Terra, aqui,

Se quisermos, meu bem, dele escapamos


Passou o que viveste, o que vivi

Ao diabo a dor! Que nunca mais soframos!

Nunca mais sem mim, nunca mais sem ti.

Renata Cordeiro

Kiss

Feiticeira disse...

Eu não me lembro dos nomes dos meus colegas de liceu. Já os de faculdade estão todos em peso no meu facebook...

Destination disse...

Sim, como é que te lembras dos teus colegas de liceu? Mal os da faculdade...!