quarta-feira, 17 de fevereiro de 2010

Lá ficou ela

E a minha bebé lá vai voltar à fábrica para ser consertada. Voltei hoje à CH, mas não rodei a baiana que eu sou uma leide educada e os senhores prontificaram-se logo a resolver o assunto, obviamente. Espero que agora não demore muito que eu não consigo estar muito tempo sem ela. Apesar de lhe ter rogado pragas nos últimos dias - sim, temos uma relação de amor-ódio - tenho para mim que não vou conseguir passar muito tempo sem ela. Sobretudo agora que comprei quase tudo em tons de bege para fazer pandã. Ah, e não vos disse, mas ela ficou sem mais uma tacha em Madrid. A malvada.

9 comentários:

Kikas disse...

vais ver que ela vai ficar boa :p

Cherry Blossom Girl disse...

Já vi que o teu blog aparece na happy! Parabéns ;)

HelenaCarneiro disse...

Gostei bastante do teu blog. O verdadeiro retrato da mulher moderna. ;)

Joana Santos (STRITH) disse...

Eu continuo um pouco irritada, desde o dia 13 de Janeiro, dia em que deixei a minha na loja...

Adoro a minha linda CH mas... estou a ficar POSSUIDA.

"Demora uns 15 dias..."
"Ah... no máááááximo 1 mês..."
"Ui... isso vai sempre para um mês e meio..."

Não há paciência

_+*A Elite in Paris*+_ disse...

Eu é um mês Kitty Fane... um mês... ela ali... eu aqui... :)

A Elite

Ana disse...

lol Às tantas uma imitação não ficava sem tachas! É o problema das grandes marcas, às vezes descuram a qualidade em prol da beleza.

Marisa disse...

Vais ver que depois do conserto ela vai regressar mais linda ainda :P

I. disse...

Não consideres este comentário como um mau agoiro, mas só um aviso amigável, para ficares de sobreaviso. É que aqui há dias li a revista da proteste onde relatavam uma situação com uma associada da Deco que tinha comprado uma mala CH, que perdeu a cor original no primeiro mês de uso. A compradora reclamou na loja, que a enviou para reparação, e passou meses à espera da mala, sempre a ouvir desculpas... solicitou a intervenção da Deco e, com mediação desta, a loja entregou-lhe uma mala nova.

Não deixes que arrastem o prazo de entrega e, se necessário, pede o livro de reclamações. Com tão pouco tempo de uso eles deviam era entregar-te uma mala nova. Trata-se de uma marca com prestígio e que cobra preços que deviam prever estes infortúnios. Trocar de imediato por uma mala nova era o mínimo dos mínimos, acho eu. Com franqueza, eu exigiria tanto, se levassem mais de um mês a reparar! Não se admite.
(olha a luvaria Ulisses, só para dar um exemplo, que tem as melhores e mais lindas luvas de sempre, garante vitaliciamente a manutenção dos seus produtos. a sério, levas lá, reparam e não cobram nada. aconteceu com me mate, umas luvas nas quais se soltou um ponto. maravilhosos.)

Anônimo disse...

Vai para a arranjar??

No mínimo devias exigir a troca por uma novinha em folha e se fossem realmente interessados em manter uma boa imagem junto dos clientes ainda te pediam desculpas e te ofereciam uma lembrança para compensar o transtorno! Seria o mínimo que se pede a uma marca que cobra 300 euros por uma carteira!!
A mim é que não me apanham na cantiga!