terça-feira, 2 de fevereiro de 2010

Ídolos - Notas Soltas de Escárnio e Maldizer (atenção que eu vi meia hora do programa no Domingo para fazer este post)

- Não me levem a mal, mas o Carlos é piroso demais. E falso. Não sei, há algo ali que não bate certo. Aquele sorriso, aquela vozinha melosa quando fala, a cruzinha ao peito, ai não, por favor, não. Já nos chegam os Tonys, os Mikaeis, os Emanueis.

- Não consigo gostar do Filipe nem por nada. Que me desculpem as meninas mais novas que ficam com as hormonas a saltitar quando o vêem. Lamento, meus xuxus. Mas desde aquela vez nos castings do "ai eu não gosto de música pop, eu não quero concorrer, ai, ai, eu não gosto de música comercial (sim, Foo Fighters, Radiohead, não são nada comerciais, só venderam uns milhoezitos de discos e passaram em tudo quanto é MTV e afins, coisa pouca).

- A Diana é a única que me parece "normal". Tem boa voz, é muito versátil, tem maturidade, tem presença. Por mim ganhava já.

- O cabelo do Laurent está todo estragado. Nota-se que anda a precisar de um bom amaciador. Ou porque não uma cauterização capilar?

- Aconselho também um Tim Gunn para a Roberta Medina, já. É que aquelas fatiotas e aqueles penteados manhosos não se aguentam.

42 comentários:

Suspiro disse...

Uma palavra que resumiu tudo muito bem: piroso! E nem é preciso dizer mais nada!

Mary disse...

ahahaha amei :)

Então a do Laurent e do Carlos...é que foi tal e qual o que pensei quando vi o Carlos com aquela cruz "hórrorózá" xD

Precis Almana disse...

Não comercial não é sinónimo de não vender, é sinónimo de ser o que não se ouve em todo o lado e a toda a hora. E Radiohead não se ouve em todo o lado a toda a hora.
O rapazinho teve conflitos interiores sobre manter-se onde estava ou sucumbir ao sistema, coitado, quem nunca teve indecisões que atire a primeira pedra...

ffiffas disse...

Discordo em praticamente tudo... ao Carlos falha ali qualquer coisa, mas a cruzinha foi para aquela actuação específica... chama-se caracterização.
Quanto ao Filipe, nem eu sou nova, nem as hormonas saltam ao vê-lo que o acho desinteressante enquanto homem. No entanto, quando ele canta algo que gosta consegue transmitir uma emoção que mais ninguém consegue. Música comercial não se traduz apenas por ter vendido imenso kitizinha.
E a atitude dele no casting acho que foi mal interpretada por ti e por algumas pessoas - e ao ver o programa vê-se que tinha muita razão de ser, porque ele foi obrigado a mudar para um reportório que não gosta, a assumir um estilo que não é o dele e, consequentemente, a não ser tão bom nem especial como no início. Que se tenha deixado deslumbrar é abosultamente normal, mas no início era natural o medo que isso pudesse acontecer.
Quanto à Diana, não me parece propriamente uma miúda normal e quando vem com a sua lista interminável de beijos só me apetece mandá-la calar (assim como ao Jurí que, com o seu machismo, apela ao feminismo), mas que é, de facto, a mais completa e teve algumas actuações fascinantes, teve! Por isso, qualquer um destes dois que ganhe, merece.
Quanto à Roberta, desculpa, mas ela tem muita classe, tem muito charme, mesmo que até nem goste de toda a sua roupa.

Kitty Fane disse...

Precis, na altura em que houve o boom dos Radiohead, o "creep" passava em todo o lado. Os Foo Fighters continuam assim, passam em todo o lado e a toda a hora. É óbvio que não são a mesma coisa que uma Lady Gaga ou uns Black Eyed Peas, mas também não são nenhuma raridade como aos olhos dele parecem.

Anônimo disse...

Cara Kitty Fane, já leio o seu blog há muito tempo e nunca pensei sentir uma desilusão tão grande com um post.

Tenho pena.

Ana, dona do café disse...

Eu acho que concordo com tudo o que disseste, se bem que - mesmo até ficando gira, porque fica - a Diana com extensões e perucas e cenas tem uma cabelo tão giro que não precisava daquilo.

O Filipe, apesar de achar que até pode ser bom músico e ter alguma voz, acho que não 'atrai', não 'enche o olho'...é demasiado 'músico de banda', nota-se sempre a falta de à vontade, os braços que não têm poiso, a movimentação em palco é feita sempre à 'homem-aranha'. Eu sei que para o estilo que ele tem, não se 'exige' isso dele mas soa-me sempre a imitação o que ele faz, não há cunho próprio, não há identidade no que ele canta.

Que eu me lembre, houve concorrentes que ficaram para trás pois cantavam estilos de música diferentes, que não se enquadravam com o formato do programa - acho que deve ser um bocado incómodo assistirem ao Filipe lá pois, ele 'pop' certamente não será - quanto muito pop-rock - para isso, apesar da encenação toda, seria o Carlos a figura que eu achava que eles queriam.

Acho que vai ganhar o Filipe, pois normalmente quem vota mais são as fãs histéricas e com incentivos de 'celebridades' a dizerem que o preferem, tá visto.

No entanto, acho que quem merecia mesmo ganhar é a Diana. A miúda transpira música, autenticidade e sabe entregar-se numa música.

A*

Vera disse...

Kitty, eu geralmente gosto do que escreves e até concordo, na maioria das vezes, mas hoje não posso estar completamente de acordo. Em relação ao Carlos estou de acordo. É "fabricado" ao milímetro - a voz, os sorrisos, a postura, os agradecimentos, as lágrimas. Não há uma que me convença. E também acho que para cantor piroso, já cá temos que cheguem. Quanto ao Filipe, acho-o um querido. As dúvidas parecem-me legítimas, uma vez que ele aparenta ser uma pessoa bem introvertida. Concorrer foi passar a expôr uma coisa que ele fazia sem exposição (segundo o que ele disse na última Gala) e acredito que o tenha feito hesitar. Acho-o sincero. Acho que canta bem e sente o que canta (coisa que não acontece com o Carlos, que não põe qualquer emoção no que canta). Quanto à Diana, acho-a o Máximo!
Tenho dito :-)
Vou voltar sempre. As melhores amizades baseiam-se na sinceridade e nem sempre na concordância de ideias, certo?

My Mellody disse...

Carlos: piroso até dizer chega!
Filipe: Too humble, if you know what i mean!
Diana: Irritaaa-me solenemente...não sei, é um ódio de estimação!
Por mim perdiam todos e levávam a Cláudia Vieira atrás.
Ganhava o Laurent...sim, precisa de fazer qq coisa aquele cabelo, mas é um único ali, verdadeiramente talentoso e ainda por cima, giro que se farta!!! Tenho dito...

Anônimo disse...

para escrever um post destes é preciso ver o programa todo! não vai com meia horita!do carlos por exemplo saberias que a cruz foi necessária para interpretar uma musica espanhola. chama-se caracterização! por exemplo, da diana dirias que canta bem, mas que o juri é extremamente parcial em relação a ela...

Anônimo disse...

Concordo com quase tudo...
A Diana, está claramente a ser orientada, e desagrada-me a posição do júri que, quanto a mim, devia ser imparcial...
O único que está a "lutar" só com as suas capacidades é o Filipe.
Espero que seja ele o vencedor.
A Roberta quanto a mim tem muito charme, embora concorde que já esteve melhor...
E já agora quem veste a apresentadora? :(
Ana

Anônimo disse...

Concordo com praticamente tudo o que disse a ffiffas. Este post quase revela que não acompanhaste o programa...

Da minha parte, reconheço que a concorrente mais versátil é a Diana, mas também é mais comum... De resto, há qualquer coisa nela que não bate certo, não consigo gostar. Desde o início do programa que me parece uma desesperada pela fama. Tem uma necessidade extrema de se fazer passar por alguém muito conscenciosa, boazinha,quase uma Madre Teresa, em mensagens que não são mais do que apelos constantes ao voto... "Ah,porque quero agradecer aos madeirenses pelo seu apoio", "ah, porque no Algarve há uma instituição muito boa para criancinhas desfavorecidas...", "ah, porque os motoqueiros são excelentes pessoas...", "ah, porque quero mandar um beijinho para os meus 500000 fans do facebook..."
Não consigo gostar!
Quanto ao Filipe, o rapaz foi ao casting por sugestão dos amigos. O programa nunca foi o seu estilo. Simplesmente, acabou por perceber que isso pode ser uma forma de se dar a conhecer. De resto, prefiro muito mais a postura dele. Não entra em polémicas, nem rivalidades. Poucas entrevistas, mantém-se na sua, discreto. Se ele ganhar é pelas suas actuações e não porque se desdobrou em esforços com a família para criar clubes de fans em redes sociais ou dar entrevistas todas as semanas sobre o quão importante para si é ganhar...

Rosita D.

M. disse...

O Carlos não se aguenta MESMO... foi expulso e muito bem... e já foi tarde! Como disseste, bem nos bastam os mickaéis desta vida neste portugalzinho sem cultura musical.
O Filipe, a meu ver, entrou logo mal no programa "eu quero, eu não quero. Eu quero mas não posso." Não me venham com coisas, se estava ali era porque queria. Quanto a ser giro... Também não acho nada... É um pãozinho sem sal... Tem uma boa voz, sim. Mas não me convence. O Laurent é um caso especial. O homem tem pinta, lá isso tem. Mas concordo que aquele cabelo não está com nada!Intervenção urgente precisa-se! Gosto da Diana, embora no início não lhe achasse grande piada. Acho que foi A revelação do programa. A Roberta, e aqui discordo um pouco contigo, pois acho que tem dias em que até está engraçada. No entanto não faz grande falta aquele juri uma vez que nunca tem opinião própria. Se for a primeira a falar diz sempre que gostou muito, se falar depois de um dos colegas, diz que concorda com o que falaram anteriormente.
Falta falar do Moura dos Santos. Não não acho que ele seja um estúpido-anormal-insensível-que-diz-o-que-lhe-apetece-para-magoar-os-coitadinhos-dos-concorrentes. Não. Quem concorre a este tipo de programas, sabe ao que vai, e conhece, ou pelo menos devia conhecer o formato do mesmo. Além disso, o Moura dos Santos quando tem de dizer bem também diz. Ele sabe do que fala e é justo. O mesmo se aplica ao Boucherie, que embora tenha entre naquela picardia de estimação com o Moura dos Santos, também gosto de o ouvir. Directo, frontal, irónico. Gosto de pessoas assim!

Bem, acho que já me estiquei no comentário.. =p

beijinhosss

Anônimo disse...

Eu conheço alguem que à pala dos seus "conflitos interiores sobre manter-se onde estava ou sucumbir ao sistema" matou-se. Chamava-se Kurt Cobain e esse sim era um músico.

Diana e Filipe são duas pessoas com excelentes gostos músicais e que têm a sorte de ter uma boa voz e de transmitir qualquer coisa quando cantam.

O Carlos? Não comento.


Ana

Midnight Sun disse...

Finalmente alguém com a mesma opinião que eu! Mesmo sendo mais nova, o Filipe não me convence. Ok, gostei imenso do Ouvir Dizer, mas para ganhar prefiro a Diana.

Anônimo disse...

P.S.: Kitty foste tocar no calcanhar de Aquiles dos tugas, está visto!

Ahah curti ;)


Ana

Kitty Fane disse...

Ana, e os comentários insultuosos que eu já recebi hoje depois deste posts e que eu não publiquei? Valha-me a santa tecla delete.

C'est La Vie!

Quem me manda a mim falar dos Carlos, dos Filpes e dos Cristianos Ronaldos? É certinho e direitinho. Nunca falham:-)

Anônimo disse...

Concordo 100% contigo Kitty. O Carlos não se aguenta mesmo, é muito lamechas, piroso q.b.. Só terá sucesso em musicais. O Filipe canta bem, mas o estilo de voz dele é capaz de se tornar cansativo num CD de 14 músicas. A Diana é quem tem a voz mais versátil. Se votasse o meu voto ia para ela...
Sónia

margarida disse...

O Carlos não me faz diferença nenhuma (só fez comichão quando começou a chorar há 8 dias e disse que era por causa do Haiti), agora o Filipe.. Não podíamos ter uma opinião mais concordante. "Ah não quero estar aqui, quero só uma opinião, vim só pelos meus amigos", então não estejas, olha.. vai-te embora! Se não gostas de pop não venhas para um programa de música Pop queixar que não te deixam cantar o que queres.
O pior é que com essa atitude pseudo-rebelde conquistou o coração dessas adolescentes todas e é uma gaita, fazer a Diana ganhar vai ser difícil. No início não gostava dela e ainda há ali uma coisinha que me intriga, mas a onda dela também não é pop e nunca a vi queixar e sempre lutou para estar ali e, sejamos sinceros, canta bem como tudo.

prada disse...

Vale sempre a pena passar por aqui.
Hoje já me ri à gargalhada, boa terapia!

A. S. disse...

Oooh eu gosto do Filipe. Não porque o ache especialmente bonito e me derreta a vê-lo cantar, mas gosto da voz dele. Se bem que é a Diana que me deixa de boca aberta com as actuações, aquela rapariga tem talento, se bem que não consigo considerá-la como a minha favorita.

Enfim, resumindo e concluindo, qualquer um dos dois merece ganhar, não me importarei com o resultado final. E o Carlos, minha nossa... está aqui o pessoal todo a falar do casting do Filipe, mas alguém se lembra do casting do Carlos? Praticamente teve que fazer um choradinho para o deixarem passar «vim da Madeira para isto, ai ai, que se agora não passo é uma tragédia». Pelo que me recordo não cantou nada de jeito, e foi excessivamente teatral e pouco sincero (palavras do júri na altura!).

Já agora, sou leitora assídua mas raramente comento, hoje resolvi escrever qualquer coisita :)

Nuno disse...

Eu, como não suporto ver os Ídolos, não me posso pronunciar sobre isso. Mas já ouvi uns excertos dessa Diana a cantar e gostei!!!

Beijitos,
Nuno.

Anônimo disse...

Mas ninguem consegue perceber que o Filipe è Grunge?!!??nao tem nada de comercial...foo fighters nao è comercial e nem pop!a esse tipo de musica chama-se Grunge!!!!



valha-me Deus!!!

Carla S.

_ba_ disse...

Eu confesso que tenho acompanhado esta série desde o seu inicio.
No entanto o Filipe nunca me "encheu as medidas": nem fisicamente nem musicalmente.
Gostava da Inês por causa do seu "look" mas era bastante limitada em termos de voz e estilo.
A Carolina que também já saiu era das caras mais bonitas e isso valeu-lhe um "bilhete" para apresentar o Curto Circuito.
Carlos: é pena mas à primeira vista parece uma mulher e isso faz-me um pouco de confusão e embora o achasse exagerado acho que ele até acabava por ser um artista mais completo.
Diana: não gostei logo no inicio mas tem vindo a "crescer" para mim.
Ponto alto foi sem dúvida o "Depois do Adeus" do Paulo de Carvalho que penso que Portugal inteiro ficou boquiaberto e, este Domingo, aquele presente "envenenado" do "Ne me quittes pas" com o qual ela também brilhou e bem diga-se.
Pelo que tenho lido na Imprensa só um deles é que queria seguir este caminho, ou seja, o da música que era o Carlos mas já saiu portanto ...o Filipe tem sempre o mesmo ar, não imprime nem transmite sentimento algum a cantar seja que música for, parece que "vomita" a música e siga.
A Diana acho que vive, respira, sente e passa isso cá para fora e isso para mim é fundamental: sempre que vou a um concerto gosto que o cantor sinta e que eu sinta que ele sente, que não se limita a "debitar" a letra da música...será que me fiz entender?
Depois temos aquele problema que quem vota nestes programas são as mulheres (eu por acaso só fiz isso nos tempos do BB) portanto não sei se ganha o Filipe mas por mim era a Diana.
Vamos aguardar ...

Anônimo disse...

À Carla S., só por cantar umas musiquitas grunge (que pode ou não ser comercial, neste caso é) o Filipe é grunje?? Ah ah ah

Jones disse...

Em relação ao Carlos não sei o que dizer, sinceramente, não percebo se aquela personagem é ele ou não.
O Filipe sempre me irritou um bocadinho, simplesmente, porque não parece quer quer aquilo tanto como todos os outros. Tem demasiadas dúvidas para ser uma pessoa decidida e que sabe o que quer. Além disso, apercebi-me recentemente que o rapaz não só não tem piada (característica vital para um rapaz ser interessante como pessoa e ter carisma), como também não sabe dizer duas frases seguidas. Aquela alma não é mesmo capaz de acabar uma frase em Português correcto, é impressionante. Acho que quem merece ganhar é a Diana. Mas, por outro lado, acho que a Diana tem uma maior facilidade no meio e facilmente consegue a educação musical que, no fundo, é o prémio. Já o Filipe...se não ganhar o programa é capaz de voltar lá "para trás do sol posto" e nunca mais é ninguém no mundo da música. Quem merece: a Diana; quem devia ganhar: o Filipe.

Sabor Adocicado* disse...

concordo contigo em relação ao carlos.
os meus favoritos sempre foram a Diana, a Inês, o Salvador e o Filipe (my number 1). Eu tbm n gostei logo do filipe... por causa da indecisão toda "concorro ou não concorro", mas continuei a ver o programa e agora parece-e qe o rapaz apenas é tímido e não arrogante como a maioria pensa, mas isto é só a minha opinião.. vale o qe vale.

MS disse...

Não podia estar mais de acordo. Cada vez que o Carlos aparecia, eu dizia à minha mãe: "Se este não sai hoje, até me passo". Também reparei na cruzinha ao peito, bastante sensual, assim como grande parte das músicas que cantou... Acho que não eram o mais indicado para cantar numa gala, maaaas... E aquela maquilhagem, sei lá, tudo, também me soa muito a falso. Depois, também não sei mas não consigo gostar muito do Filipe, não sei porquê. Canta bem sim senhor, até canta músicas que eu aprecio, mas não me convence. Diana, all the way!

Anônimo disse...

Hum...não concordo!
Estou basicamente de acordo com a ffiffas e a Rosita D.
O Filipe de facto não se mexe muito, porque o pop não é a onde dele, mas ouça só o timbre de voz do rapaz com mais atenção... O miúdo é alma na voz, e transpira música. Tudo isto com muito carisma, aliado a uma postura, para a idade, fantástica.
O júri altamente empenhado em defender a sobrinha de um dos jurados, rendeu -se à evidência e além de todas as virtudes que já referi, considera-o um dos melhores concorrentes de sempre.
Os defeitos que lhe aponto, são a timidez e o bloqueio a falar perante as câmaras, mas isso aprende-se.

A Diana tem talento, mas aquela postura de star com muito Big Brother à mistura, irrita.me solenemente. Além, de ter uma voz esforçada que se farta. Não gosto do género e pior, não gosto da postura que tem mantido .Demasiado 'popularucha'...Chegou a ver a listinha das terrinhas da Diana? Hum...entre isto e o gosto musical do Carlos, venha o diabo e escolha...
Quanto ao Laurent, e Roberta estamos em sintonia, embora não consiga resistir ao sorriso do Laurent :)

E é isto...tenho filhos da idade semelhantes, não é portanto as hormonas aos saltos:) no que toca ás opiniões sobre o Filipe. Gosto, mas não voto. Daquilo que sei, neste caso, quem fica a lucrar são sempre os mesmos, e não os concorrentes que são usados para atingir os fins...
Joana F

J disse...

Fora a imagem, que não comento, o Carlos tem talento - não sabe é escolher músicas mais versáteis e menos teatrais. Queria ter chegado a ouvi-lo cantar coisas fora da sua zona de conforto, como foi o Sopro no Coração..
Tenho pena que tenha saído, é daquelas pessoas que ou se adora, ou se odeia - pelos vistos houve mais gente no segundo grupo do que no primeiro. Eu cheguei a estar com ele uma manhã, no pré-casting, e a imagem que passa para a tv não tem nada a ver: é extremamente simpático e não tem peneiras nenhumas!
A Diana tem-se tornado semana após semana na minha favorita, musicalmente. Quem canta Tina Turner, Paulo de Carvalho e Jacques Brel magistralmente merece uma grande carreira recheada de sucessos!
Quanto ao Filipe, tenho a impressão que aquela humildade cheira a mofo. Não canta tão bem quanto pensa e, como disse a Ana, dona do café, é músico de banda, não um ídolo!

(Nota-se muito que tenho andado ocupada nos últimos domingos à noite? ;) )

Anônimo disse...

Eu acho o Carlos piroso, mas dou um certo desconto porque tem 16 ou 17 anos. As músicas que ele escolheu para cantar foram quase todas infelizes.

Quanto ao Filipe até achava uma certa piada, até ter percebido que o tipo não sabe falar.

Kitty haverá algum corta interesse maior do homens que não sabem falar?!

Anônimo disse...

Shopie
Kitty: a Diana é estranha..so grita
Carlos piroso e pop mas se pensarmos bem era o unico que reunia as caracteristicas para ser um idol pop
Filipe.Concordo contigo é super irritante e para alem de não ter presença em palco e postura de voz nao e assim tao grande coisa..
Os apresentadores não tem quimica nenhuma a Claudiazinha não tem jeitinho nenhum, para a coisa
Enfim os idolos de portugal não chegam aos calcanhares do american idol...

Andreia disse...

Uau, vim para ao teu blog por mero acaso e estou a gostar :) Vou adicionar-te!
Quanto ao post, não percebo o porquê dos comentários em anónimo nem a fricção, assumam as vossas opiniões tal como a autora!
Concordo com tudo menos com o que disseste da Roberta, acho os penteados, fatiotas, make up e unhas MARA! Mas só gosto mesmo quando ela está calada porque aquelas "opiniões"... :p

A miuda dos saltos altos disse...

Que ganhe a Diana!

Anônimo disse...

Gosto muito de ouvir a Diana cantar e acho q é muito versátil!

Mas quando ela saca da listinha para fazer os agradecimentos e nunca mais se cala, não há paciência!

Mariana

Anônimo disse...

Olá. Por vezes, não concordo consigo e parece que esta é mais uma. Não estou preocupada com o Carlos, o Filipe, a Diana, a Joaquina, o António e o Felisberto. Nada disso... Acho apenas estranho que as pessoas tecem comentários e críticas sem conhecimento. Sim, sem conhecmento. Este é o segundo post que leio sobre o dito programa, em que as críticas são sempre fortes, mas onde também confessa que viu apenas uns minutos ou, neste caso, meia hora do programa. Hummmm! Pouco credível, não acha? As suas críticas até podem ter alguma razão, mas perdem-na toda quando falta fundamento às mesmas: observação, conhecimento, comparação e afins.
Em suma, sou apologista que uma boa crítica requer algo mais do que vai fazendo por aqui.
Vera

Renata disse...

Hum efectivamente tens razão no que comentas sobre o Carlos, é que não suporto o tipo, mesmo!
Quanto ao Filipe, gosto dele, adoro a cultura musical, o estilo que adopta ...
Radiohead e afins não é de todo Pop e se venderam milhões de cd's, é porque realmente a música (no meu entender claro) possui qualidade.
A Diana é uma artista.
É isso, Idolos resume-se, nem sei ...

Fernanda disse...

A Diana é tão manhosa, tão manhosa. E aquela treta de dedicar sempre as actuações a tudo e todos já chateia. E estão a empurrar a votação para ela o que me chateia à brava.

Anônimo disse...

Desses três o que mais me irrita é mesmo o Filipe. Não entendo como tem tanta gente a apoia-lo. Aquela falsa humildade mete dó. Não diz nada de jeito. Não acho que seja nada do outro mundo em termos vocais...mas antes a cantar do que a falar - o rapaz não dá uma para a caixa, caramba! O Carlos é pimba, mas pelo menos mais verdadeiro. A minha preferida (Carolina) ficou pelo caminho, por isso, pronto, que ganhe a Diana. O Filipe é que nao!
Patricia*

Anônimo disse...

Tenho visto o ídolos e apesar de não gostar do carlos pq acho que é fabricado e piroso, aquele era o artista pop que eles procuravam. Se bem me lembro vários concorrentes foram afastados por não se enquandradrem no tipo de músico pop pretendido. Tanto a diana como o filipe não o são. Ela tem mania de rockeira/ metaleira (aqueles corninhos que ela faz são o simbolo do metal... nem ela deve saber). O Luís Jardim (o madeirense) que é produtor (devem conhecer pq já foi o presidente do júri no 1º idolos), já adiantou que vai pegar no carlos e vai leva-lo para inglaterra e construir-lhe uma carreira, pq queiramos, quer não é o carlos que vende. Repito que não gosto do carlos mas admito que ele foi o cristo do júri.. sempre foi o prejudicado. Quanto á Diana, detesto-a... não vou nada com ela. Tem a mania que é boa, e não tem uma voz nada de especial... uma coisa é certa... ela nao vinga em Portugal. Além disso convém relembrar que o Manuel Santos do jurí é tio dela por afinidade e a tia é uma apresentadora conhecida, Maria João Silveira. Lembro que no casting dela o manel disse que não sabia que ela ia concorrer (pois sim..) e que não ia dar opinao sobre ela, mas a verdade é que tempos depois passou a dar e agora nos ultimos tempos está de caras que está a mexer os cordelinhos na sic. Ele é totalmente parcial. Mesmo que ela tenha tido uma actuação merdosa ele diz sempre que foi espetacular e que se ela não passar é uma tremenda injustiça. O povo que ouve aquilo, claro que vota nela. Mais.. a mãe dela foi á Madeira fazer campanha como se de eleiçoes politicas se tratasse. Parece mentira mas não é. E a Diana durante as galas foi daqueles que teve das vtações mais baixas.. teve ali sempre no vai- não vai. Moral: ela tem um tio produtor (manel santos), uma tia com influencia no mundo artistico e se nunca deram nada por ela é pq ela não vale nada. Ela só está ali a tirar o lugar a alguem que nao tem outro meio de vingar. O Filipe não me convence nada... nem musicalmente nem como homem. É um paozinho sem sal e a voz é extremamente fake. Ele força ao máximo a voz e so sabe cantar naquele registo... em palco tem o estilo "homem-aranha" como aqui alguém já disse. Além disso tem aquela falsa humildade que mete nojo. Aquele acto pseudo-rebelde no casting enfim... ele que não fosse!! Para mim nenhum dos dois finalistas ganhava ou sequer tinha chegado á final. Passaram por lá pessoas bem mais capazes. Lembro um rapaz negro.. o Márcio.. tinha uma voz excelente e foi eleminado nas 1ªas galas. Enfim... não me digam que a Diana não está a ser levada ao colo e que o Filipe não é um pseudo armado.

Ana Gomes

Anônimo disse...

Olá Kitty Fane,

Tenho vindo a ler o seu blogue há já algum tem... e gosto bastante!

Confesso que este post me desiludiu... Cada qual é como é e não temos o direito fe o julgar!

É a minha opinião, vale o que vale.

romantikscent disse...

Tenho seguido os "Ídolos" desde o início (nunca liguei a este tipo de programas mas este cativou-me) e gosto do Filipe desde o casting. Não entendo tanta indignação - ele não pensava concorrer, os amigos é que o pressionaram e por isso disse aquilo. Sim, ele é tímido, "verdinho", atrapalha-se em palco (a Diana é mais "bicho-de-palco") e a falar (mas isso treina-se) mas ninguém pode negar que ele tem uma voz excepcional; é um talento "em bruto". Também acho a Diana fabulosa mas o Filipe é humilde e beneficia mais em ir para Londres - ela já teve a visibilidade que precisava para começar uma carreira. O Carlos é falso e piroso, sim, apesar de ser o protótipo do ídolo pop.