terça-feira, 5 de janeiro de 2010

Nem tudo o que luz é ouro


Evan Handler e Kristin Davis em "Sex and the City"


Hoje está a apetecer-me falar do Sebastião. Eu saí três vezes com o Sebastião. O Sebastião foi até hoje um dos rapazes mais giros com quem saí. Era lindo. Escandalosamente lindo. Vinha sempre impecavelmente bem vestido e perfumado. O sorriso era de sonho, com uns dentes maravilhosamente brancos, disfarçando bem o seu vício do tabaco.

Mas o Sebastião tinha um problema, apesar daquele aspecto clássico e distinto, era um bronquinho de primeira. Comecei a descobrir isso na segunda saída, quando ele me disse que uma vez tinha andado à porrada com um "gajo" - palavras dele - porque tinha olhado de uma forma menos própria para a sua ex namorada. E, pronto, aquela imagem perfeita começou a perder o brilho aos meus olhos. Homem que é homem decente não anda à porrada com ninguém só porque ele olhou para a sua namorada com um olhar menos próprio. Aliás, há quem arranje todo o tipo de pretextos para andar à porrada. E vim a descobrir que ele era um deles. Comecei também a perceber que tinha a mania da perseguição. Achava que toda a gente lhe queria mal e tinha sempre na ponta da língua os ditados - cá se fazem, cá se pagam ou a vingança é um prato que se serve frio. Para além disso, dizia mal de todas as ex namoradas, coisa que eu abomino.

Isto tudo para dizer, que cada vez ligo menos ao aspecto físico dos homens. Acredito que em cada esquina há um Harry Goldenblatt para o qual nem olhamos mais do que uma vez, mas que tem potencial mais do que suficiente, para nos fazer as mulheres mais especiais do mundo.

26 comentários:

Angel disse...

Dou por mim a pensar o mesmo. Nem me interessa o aspecto físico mas tem de ter um interior interessante, ser parecido comigo e gostar de fazer as mesmas coisas. Acho que aí reside o sergredo das relações.

Me disse...

A verdade é que não consigo avaliar a beleza das pessoas que amo, sejam elas o meu pai, o meu marido ou os meus melhores amigos... Por isso sim, acredito sinceramente no que acabaste de escrever.

Bisouxxx

Anônimo disse...

haja quimica...
Susana

GATA disse...

What else is new?! os homens mais giros com quem saí eram os mais estúpidos!

PS: by the way... quem gosta de calvos sou eu, ok? ai que tenho que andar à porrada contigo!

Precis Almana disse...

Encontrarmos a pessoa que nós queremos fazer feliz e nos a faz a nós é de tal forma uma sorte grande, que a beleza é "só" o jackpot.

MC disse...

Ora nem mais! ;)

Cate disse...

Não podia concordar mais contigo. Ser bonito resulta num primeiro instante, mas depois não interessa para absolutamente nada. A verdade é que nunca namorei com um homem especialmente bonito, talvez porque sempre me apaixonei por personalidades.

Frutinha disse...

Concordo plenamente contigo... Acima de tudo tem de ser um homem "perfeito" por dentro.. Aquele que nos faz sentir bem. Se for giro olha ainda melhor.. se nao for.. azar. Se bem que acho que quando se ama a pessoa é sempre linda para nos :p

aka pink disse...

Tenho de concordar, cheguei a namorar um que até era modelo, e acredita foi a coisa mais saborão à face da terra!

A. S. disse...

pode parecer cliché ou frase feita,mas sim, concordo contigo :) não consigo pensar no aspecto físico de uma pessoa como sendo uma característica importante,quando há muito mais coisas que interessam...

Pérola Negra disse...

Concordo plenamente! Não avalio as pessoas pelo seu aspecto físico. Naturalmente que todas nós olhamos quando passa um homem bonito, mas na verdade, não é o que um homem é por fora que nos fará sentir bem e felizes por dentro...
E depois, quando gostamos muito de uma pessoa começamos a olhar de outra forma. Quem feio ama bonito lhe parece! (Isto foi só para esqueceres os ditados que estavam na ponta da língua do Sebastião!)
Se o homem for bonito por fora e por dentro... tanto melhor! E que este Novo Ano traga muitos destes! ;)

Anônimo disse...

É uma desilusao quando isto nos acontece! Bonitos, educados, arranjadinhos e depois quando falam..
Por vezes os homens mais bonitos sao os mais "despresaveis" !

Nao podemos ligar a beleza exterior :)

Anna

JL disse...

Ora aí está! Eu sabia que ainda iria chegar o meu dia. Borda fora com os gajos bonitos!... :)

prada disse...

Do que te livraste!
Abomino o género!

Anônimo disse...

Achei curioso ver este comentário hoje, porque passei o dia de ontem espantada comigo mesma. E porquê? Porque estou a me apaixonar por um homem que, fisicamente, é tudo o que não gostava: baixo, gordo, de óculos. E eu que sempre tive namorados e ex-marido super giros dou por mim a gostar tanto da conversa dele, do seu charme e de como me faz sentir especial.

paula'maria disse...

Eu era uma pessoa assim... Alias no fundo todas somos. Idealizamos um homem. Mas apercebi-me que os mais bonitos não são os que nos fazem mais feliz. Ha tempos conheci um rapaz, namorava, ha meses voltamos a sair, quando ele acabou com a ex... Não é nada daquilo que eu tinha idealizado (alto, lindo que dói, inteligente)... E eu que nunca gostei d ver homens do mesmo tamanho que mulheres, ja para nao falar em mais pequenos. Mas a verdade é que o amor é mesmo assim! Não escolhe nada do que nós queremos. Acontece! E hoje apercebi-me que o mais importante não é o que ele é, mas sim aquilo que eu sou quando estou com ele. E sabes que mais? O amor é mesmo um lugar estranho :)

beijinho*

Anônimo disse...

Concordo plenamente!
:)
Beijinho
Mariana

hierra disse...

como eu compreendo este post, a sorte é que eles não conseguem disfarçar muito tempo, no meio caso tb borrou a pintura no 2º encontro

Descalça disse...

Também não vamos agora dizer que todos os homens bonitos são uns estafermos e que todos os feios são fantásticos. Tenham calma, meninos menos dotados pela beleza, não se entusiasmem :)
Para mim, o fundamental é que seja um homem interessante. Ok, o conceito de "interessante" é muito vago, mas nós sabemos sentir quando isso acontece.

Anônimo disse...

concordo plenamente, com as mulheres é a mesma coisa: quanto mais giras, mais burrinhas, fúteis, plásticas.
é o perigo das generalizações...

Anônimo disse...

Normalmente os rapazes giros trazem sempre muitos defeitos...

Ah... e os rapazes banais até costumam ser mais esforçados na cama do que os bonitões... mais sensíveis e preocupados se atingimos o orgasmo ou não.

Ana disse...

cara Kitty:
Pode mesmo acreditar nisso que eu confirmo-o!

Eagle1 disse...

Apesar de não crer muito nisso, gostava que um dia escrevesses também sobre esse caso mas no feminino, pois acredita, até porque há mais mulheres do género "Sebastião" do que homens. Acredita! Não no sentido de andar a porrada, mas no sentido de aprimorarem o físico, o vestuário e os acessórios sem nunca cultivarem o que possa eventualmente existir lá dentro. Não sou bonito mas já tive a "sorte" de sair com algumas tipas bem "grossas" que me desiludiram imenso no mesmo sentido do Sebastião.
Conselho aos homens: Mulheres tipo "sebastião" abundam especialmente nos centros comerciais, pois é nesses espaços que o seu QI desce vertiginosamente.

EU_SOU_EU disse...

Concordo plenamente com todas as tuas palavras...resta-me entao fazer uma pequenina questão...já as transpões para a realidade do dia a dia...Se sim..parabéns...Homens...como o Harry Goldenblatt...eu...e milhares de milhares de outros por aí...agradecemos...porque apesar de não termos nascido com o DOM...de sermos Lindos..ao ponto de fazer suspirar...maioritáriamente temos o dom de podermos AMAR...e fazer-vos sorrir...constantemente...e principalmente gostar de vocês..tal qual são...sem mudar sequer uma ruga...

Anônimo disse...

Vou-te contar a história da minha vida: Sempre namorei com "gajos" xpto: lindos de morrer, altos, desejo de qualquer mulher. Falhava sempre qualquer coisa. Neste momento, estou com um homem de 1.65m, dez anos mais velho, mas que me faz a mulher mais feliz e realizada do mundo...

Anônimo disse...

Já para não falar que namorar homens bonitos, por si só, vem logo com um monte de problemas como extra. O facto de serem cobiçados por toda a gente, o facto de na sua maioria se acharem lá em cima, etc. Eu sou completamente pelo tipo do normal/nada de especial/nem sequer é giro do que pelo do giro. É que nem penso duas vezes. Homens super giros e normais é um achado sim senhora e o mesmo serve para as mulheres claro está.