sexta-feira, 15 de janeiro de 2010

A indústria da moda serve para nos fazer sonhar


Victoria's Secret Angels

Não entendo porque é que as modelos hoje em dia ou são completamente escanzeladas (a grande maioria), daquelas que até dão dó de tão magras que são, ou têm peso a mais (diz que agora é a nova moda e têm chovido campanhas com meninas de formas mais robustas). E que tal um meio terminho, hein?

Da mesma forma que eu não concordo com a magreza em demasia, também não concordo com o peso a mais, para se ser modelo. É por isso que são modelos, não é? Para o resto, estamos cá nós - mulheres comuns - com celulite, com uns quilitos a mais, com um pneuzinho à volta da cintura, com peles flácidas, com peito descaído depois de amamentar...

As modelos devem fazer-nos sonhar. Por isso é que adoramos os desfiles da Victoria's Secret, com aquelas mulheres deslumbrantes, de longos e maravilhosos cabelos, de corpos torneados e divinamente bronzeados, com pernas que nunca acabam mais. Ora se pusessem mulheres como eu ou como a vizinha do lado, a coisa já não tinha piada. Não que eu me ache um trambolhinho de trazer por casa, não, muito pelo contrário (auto-estima não me falta, independentemente do que os outros possam achar) mas porque sou apenas mais uma entre tantas outras. E uma modelo não pode ser só mais uma.

Agora é bom que se saiba distinguir que uma coisa é a beleza das revistas e outra coisa é a beleza real. Por isso acho bem que todas pessoas se sintam sexys e especiais, mesmo que não tenham as medidas 86-60-86. É isso que as pessoas, antes de criticarem a indústria da moda, devem incutir nos seus filhos, para que mais tarde não surjam comportamentos bulímicos ou anórexicos. Porque em geral essas doenças têm sempre outros problemas que vêm já da infância. Não surgem apenas porque a menina viu a magricela a desfilar e quer ser como ela.

14 comentários:

S* disse...

Vou ter de discordar contigo... "Peso a mais" não significa gora, com peles, flácida e com celulite. :P As modelos plus size, por exemplo, são giras e não têm nada disso APESAR dos belos quilos a mais.

O conceito de "peso a mais", no mundo da moda, é a nossa Marisa Cruz. Gira e boa todos os dias.

S* disse...

E sim, as meninas da Victoria Secrets é que são giras e jeitosas. Elegantes, sem serem escanzeladas.

Anônimo disse...

não só as de victoria secret... as modelos de roupa interior não podem ser muito magras... normalmente só os melhores corpos são aproveitados para estas campanhas

ffiffas disse...

Concordo que a modo serve para nos fazer sonhar, mas acho que uma mulher "normal" numa grande (e de bom gosto)produção fotográfica ou num grande desfile vai sempre estar deslumbrante e "fazer-nos" sonhar. Celulite é uma coisa que muitas modelos têm, por exemplo, que se disfarça em certos contextos... A flacidez já é outra história, mas há pessoas bem cheinhas sem pingo de celulite ou falcidez e mostrarão sempre um corpo bonito.

Anônimo disse...

A minha irmã sofreu de anorexia. Ficou sem peito. Ficou sem menstruação. Ficou desfigurada!! Depois das (pequeníssimas) refeições que consumia, fazia abdominais. Contava as calorias dos produtos. Só comia coisas light. Tinha momentos de histeria. Dizia-se gorda e feia (quando era só pele e osso). Enfim, foram momemntos para esquecer. Agora, felizmente, está bem!!

Goma disse...

CREDO!! Tanta "BARBIE" junta numa só foto!!! Magricelazinhas irritantes!! Hummpfff...

disse...

Discordo na medida em que para mim, uma campanha me atinge mais se eu me puder identificar com a modelo e eu não consigo identificar-me com as Kate Mosses e afins. E é como diz a S* - há mulheres com "peso a mais" (o que é isto do peso a mais senão um simples número), mas com um corpo bem torneado e sem celulite e outras coisas que tais e lindas até mais não.

paula'maria disse...

Se gostas mais de sapatos do que amêndoas da Páscoa, então envia uma foto dos teus sapatos preferidos e/ou a última aquisição para: mmpmaria@sapo.pt. As fotografias recebidas serão postadas até ao final do mês. E a vencedora anunciada em Fevereiro. O par de sapatos mais comentado receberá um trem de cozinha em aço inoxidável. Não é um trem de cozinha, mas é uma coisa parecida...

Sejam criativos e enviem-me as preciosidades que usam nos pés.

Dezperada.

Juanna disse...

Seja como for, essas mulheres sao demasiado magras. Para alem de deixarem os homens embasbacados, transmitem-nos (atraves deles) a ideia de que temos que lutar para ser assim. E elas, carregadas de base, cremes que disfarçam a celulite e outros truques, sao idealizaçoes.

Nao vejo mal em idealizaçoes, mas a coisa generalizou-se. Usei um 36/38 de calças e ainda assim os homens olhavam muito mais para as minhas amigas 34 do que para mim. E elas estavam horrivelmente magras mas diziam-se redondinhas.

Fartei-me.. agora uso o 40 porque tive um bebé ha 3 meses, voltarei ao meu 36/38, mas nao me vejo balofa. Tenho celulite e pneus mas estou-me nas tintas. Embora nao goste, claro.

MissBlueEyes disse...

KF Eu tb tenho, por norma, o meu ego lá no alto, e não me considero uma beleza descomunal! Engraçada, com meio palminho de cara distribuidos pelo meu 1,71, quando estou mai gordinha, continuo a acha-me engraçada, mas bem mais apetitosa com uns kilinhos a menos!

A minha Mãezinha sempre nos incutiu a ideia de que a mulher se quer magra!

Mas que há gordinhas bem boas! Lá isso há! Na empresa onde trabalho, estou sempre a dizer a minha colega S., não me importava de ser mais cheiinha (mas não exagerada!) e ter esse cuzão arrebitado como tu tens, gordinha e um naco que se fosse homem perdia a cabeça!

Blimunda7Luas disse...

Cada um é como cada qual, a indústria a moda faz-nos ver aquelas mulheres deslumbrantes e é praticamente inevitável que olhemos para nós e não nos sintamos tão bem quanto devíamos.
A indústria da moda é cruel até para com as modelos.
As gordinhas também são sensuais, jeitosas e bonitas.
Não é a gordura que nos "dita".

*C*inderela disse...

Acho que o ideal está no meio termo, nem tão magras como essas modelos nem muito fortes. Uma mulher bonita é uma mulher com curvas e elegante sem cair em exageros.

Bjokas*

Sonhadora disse...

ui acho estas da Victoria secret demasiado magras...não gostava de ser assim...sinceramente e não estou com inveja não. Eu nem sou gorda nem magra...acho que estou bem, mas não as acho torneadas sequer...enfim são gostos e por isso são modelos e eu não...
Bom fim de semana

Catarina disse...

Muito do que se vê nas revistas, sobretudo, é fruto da tecnologia (photoshop, luz nos pontos certos e afins).
Como diz a Cinderela, o "ideal está no meio termo"!
Desde que te sintas bem contigo própria, o que é que interessa o corpo das outras? Só tens que aprender a lidar com o teu, saber como funciona e o que deves fazer para te manteres saudável e gostares do que vês ao espelho!