terça-feira, 22 de dezembro de 2009

Primeiro (e talvez único) balanço do ano


Ana Beatriz de Barros

O ano de 2008 tinha sido tão mau, mas tão mau, que eu, de saltos altos, vestido preto e flute de champanhe na mão, só tive de receber 2009 de braços abertos ansiando por coisas boas. E assim foi. Foi um ano cheio de bênçãos. Aliás, a cada dia que passa me sinto mais abençoada, simplesmente por acordar de manhã e estar bem, sem dores, cheia de energia e um sorriso nos lábios.

2009 foi o ano em que me apaixonei profundamente por poesia, sobretudo a de Yeats e a de Vinicius . Regressei a Nova Iorque numa viagem de sonho pelos Estados Unidos com uma esticadinha ao Canadá. Conheci uma pessoa que foi muito importante para mim naquela altura. Ele não sabe disso, aliás, sabe que teve alguma importância, como eu tive para ele, mas não sabe as mudanças fulcrais que operou em mim.  Depois consegui a estabilidade máxima no meu trabalho numa altura em que muitos perdiam o seu emprego.

Depois chegou o Verão e eu felicíssima. O Verão anterior tinha sido tão mau com cirurgias e hospitais, que sentia magia no ar por estar bem de saúde. Voltei a viajar, desta vez para o Egipto, numas férias maravilhosas que jamais esquecerei, com muitos passeios de barco, muito snorkeling pelo Mar Vermelho, e homens lindos que apareciam por toda a parte, até do fundo do mar, para me salvar da minha falhada aventura nas rochas que me valeu uns bons cortes nas pés e nas pernas.

Viajei novamente, mas desta vez para Oslo, com muito frio e muita tranquilidade na alma.

A parte triste do ano, foi o problema de saúde que chegou ao meu mano mais velho. Por isso, o Natal não terá o sabor de outros anos, mas terá com certeza a chama acesa da esperança.

25 comentários:

CarlaB disse...

E que o ano 2010 ainda seja melhor para ti do que 2009.

Bjs

Anônimo disse...

Desejo-lhe tudo de bom, ou seja, tudo aquilo que quiser na sua vida.

As melhoras do seu irmão e para si, continuação de boa saúde.

Tenha um Feliz Natal.

Beijinhos

Helena

Anônimo disse...

Não sou propriamente tua fã, já inclusivamente teci críticas a teu respeito mas...adorei o que li e mesmo sem te conhecer efectivamente ( apenas a imagem que transmites neste blog ) mando-te um beijinho :)P.S- escrevo anónimo para não pensares que quero publicitar o meu blog.

Miss Kitty disse...

Lindo post...
Aqui vê-se bem a tua sensibilidade :)
Vai correr tudo bem com o mano!

BJS*

art.soul disse...

gosto muito de te ler.
tens classe e aqui sinto-me à vontade para demonstrar opiniões contrárias ou não à tua.
UM BOM ANO KITTY FANE!
com muita poesia

Anônimo disse...

Apesar da significativa melhoria registada em 2009, que 2010 seja, ainda, muito melhor que o ano que agora termina!!!
E já agora, aproveito a oportunidade para deixar os meus sinceros votos de um Feliz e Santo Natal!
R

JoaninhaFerreira disse...

que o ano de 2010 seja ainda mais cheio de magia Kitty Fane!
beijinho *

Anônimo disse...

Kitty as melhoras para o teu irmão. Tenham fé e esperança tal como todos tiveram em ti, porque como vêm vale a pena. Felicidades para ti miúda.

prada disse...

Lindo este balanço anual que todos devemos fazer e ficar gratos por
acordar com essas magia no ar de que tudo está bem!
Para alguns não será bem assim, infelizmente..
resta-lhes a esperança de melhores dias.
Que tudo continue bem e as melhoras do mano, é apenas uma pequena nuvem que se dissipará concerteza! Bom Natal e bom 2010!

Laetitita disse...

Kitty vai tudo correr bem:)

Smurf disse...

Gosto sempre tanto do que leio, e este post fez-me voltar a pensar no que já tinha pensado! Tenho de fazer uma avaliação muito consciente do ano que passou, e que para mim foi péssimo a muitos níveis. É muito raro fazer este tipo de avaliações, mas este ano tem de ser, para aproveitar tudo o que aprendi e me obriguei a aprender e juntamente com a energia do ano 2010 conseguir levar a vida noutra direcção. Uma direcção com a qual melhor me identifique.
Para ti aqui ficam os votos de um Feliz Natal e a força para um 2010 ainda melhor que o 2009, que pelos vistos foi bastante mais positivo que 208! :))
Bjks

Claudia Oliveira disse...

Um bom ano e que tudo corra bem. Bjs

Paula disse...

Visto deste lado,pareceu-me um ano em cheio!!!

Para 2010 só te desejo saúde,o resto logo se vê...

E um feliz Natal.

Sissy disse...

Que o novo ano te traga ainda mais e óptimas surpresas!

As melhores para o teu irmão!

Um feliz natal

Tamborim disse...

Querida Kitty Fane,
Este foi certamente o meu post preferido de sempre, dos muitos que li, todos com prazer, até agora. Talvez por estar a pouco tempo de tomar uma decisão muito importante e a minha sensibilidade esteja em ponto não diria de rebuçado, mas de choque eléctrico.
Do fundo de mim, desejo-lhe muitos mais magníficos momentos, fases, poesia, viagens, amor e risos.
Um brinde à Vida e tudo de bom para si, e para os "seus" -sem aspas também é verdade.
Beijinhos e um abraço,
Tamborim

Mnemósine disse...

Que 2010 seja ainda melhor e que daqui por um ano o teu irmão esteja a fazer um balanço semelhante ao teu no que toca à saúde. Felicidades!

Bomboca do Amor disse...

Que bom, se este ano foi melhor o próximo será espectacular. Beijos,
Bomboca do Amor

MissJ disse...

Arrepiei-me. Adorei o balanço que fizes-te e com essa esperança e optimismo espero mesmo que p 2010 seja muito melhor. :)

Pinkk Candy disse...

Um balanço positivo, portanto. :)
Fiquei inspirada para fazer o meu também!

hierra disse...

É um balanço maduro, sério, ponderado e por isso muito bonito, gostei muito de o ler...

MissBlueEyes disse...

Um optimo 2010. Saúde é o que é preciso e vai ver que o seu irmão vai ficar optimo. Deus vai olhar pelos nossos irmãos!

:)

SaboneteDeGlicerina disse...

Sabe uma coisa Kitty Fane? É uma pessoa mesmo especial :)

Clau disse...

Nada mais a acrescentar. Feliz Natal, apesar de tudo.. 2010 com Esperança.

Anônimo disse...

Tudo de bom em 2010, se possivel melhor que 2009. Adoro a forma como escreve e consegue transmitir as emoções.
Manuela

Raquel disse...

Sei bem o que custa não termos a família "bem". Há um ano que descobrimos que a minha irmã tinha um tumor no ovário. Ela sofre de endometriose. Infelizmente, já a vi seguir para a sala de operações duas vezes (numa delas tiraram-lhe o ovário), e não serão as últimas. Custa imenso ver que a família não está a 100%. Graças a Deus, tem uma que a apoia nestes momentos e que fá-la esquecer dos horrores de não poder ter filhos (apesar de não ser uma certeza a 100%), de poder perder o outro ovário, enfim, um rol de emoções que dificilmente passarão. Eu peço sempre uma coisa, saúde. O mais importante nesta vida é a saúde. Os hospitais, os tratamentos, as más notícias, tiram-nos anos de vida. Quebram-nos tão facilmente, mas depois damos mais valor a pormenores menos importantes. Sempre disse que queria ser tia. A minha irmã há muito que adormeceu essa ideia. Ela própria cria as suas barreiras e faz-se de forte, para que não a enfrentem com estas questões. Boa sorte para o seu irmão e para toda a gente que precisa dela.