domingo, 29 de novembro de 2009

É em alturas como esta...


Kate Winslet

... que me dava jeito ter um blogue anónimo. Havia tanto, tanto, mas tanto, para contar. Coisas boas. Maravilhosas. E coisas menos boas. Como não tenho, descarrego no meu caderninho secreto, enquanto como chocolates maravilhosos.

13 comentários:

Serena Van Der Woodsen disse...

como eu te compreendo... :\

Rosa Cueca disse...

Compreendo-te.
São os prós e contras.. De qualquer maneira há coisas que ficam mesmo só para nós e quando tentamos explicá-las...pufff...não sai nada do que é suposto.

Precis Almana disse...

Pois, eu compreendo. Se quiseres, desabafa para o meu mail porque na realidade não nos conhecemos...
Beijinho, bom domingo

Everybody´s Changing disse...

Compreendo bem as tuas palavras... Ao iniciar a minha "aventura" com um blog, pensei que iria ter ali um espaço que só eu conheceria, bem como os internautas "errantes" que lá iriam. O próprio nome do meu blog indica que pretendia estar anónimo, para que pudesse opinar, desabafar, criticar, chorar, sorrir, gritar, gargalhar e até mesmo, porque não, dizer quem quero amar... A verdade é que, apesar de a grande maioria dos meus amigos o desconhecer, aos poucos, certas pessoas que me conhecem foram descobrindo aquele espacinho e passaram a ir visitá-lo. Já pensei em divulgar o meu cantinho por entre aqueles que me dizem algo, mas também já pensei abrir um novo blog totalmente anónimo, um em que sem constragimento algum (que já existem...)possa dizer o que me vai na alma, sem que tenha logo alguém que me aponte o dedo (nunca o fizeram mas, como disse... já não digo tudo o que penso...), ou alguém que me diga... então é isso que sentes por mim... afinal, não se trata apenas de amizade mas sim algo bem mais especial... Afinal, já não sou só eu que estou "Algures onde apenas eu sei...", um blog que pretendia ser um espaço algures entre a minha cabeça e o meu coração...

Ana C. disse...

Do que é que estás à espera para começar um blogue só teu?

Kikas disse...

digo o mesmo! às vezes não dá jeitinho nenhum.. mas eu não tenho paciência para o caderno secreto. agora para os chocolatinhos.. ;)

Destination disse...

Podes sempre criar um outro blog... verdadeiramente anónimo!

# Gabriela disse...

O meu começou por ser anónimo, mas rapidamente foi sendo conhecido. Apesar de só uma pessoa próxima de mim poder lê-lo :)

Síndrome dos Trinta disse...

O meu é anónimo e assim pretendo que continue. Pelo menos penso que é, apenas uma pessoa conhece quem está por trás do meu blog, porque quis que soubesse. Há sempre que evitar determinados comentários que nos possam revelar, mas à parte disso, tem sido fácil.
Até porque serve quase de caderninho secreto, aquilo que antes necessitava fazer com papel e caneta.

maria disse...

Quando iniciei o blog era isso que pretendia, mas morreu logo à nascença. Restam os caderninhos....

R.L. disse...

por vezes dava meeesmo jeito :)

Enquanto dormes disse...

Eu por enquanto estou a tentar manter o meu cantinho anónimo. Há uma ou outra amiga que o conhecem, e pouco mais. Mesmo assim já existem assuntos que não me sinto à vontade para abordar. Textos em que "não posso" ser totalmente sincera, crua até...

POrque não crias um blog totalmente anónimo?

Iriamos segui-lo da mesma maneira!!!
Um beijinho

BlueAngel disse...

Sou mais uma: como te compreendo!!! já estive mais longe do tal blog anónimo. muito mais longe.