quinta-feira, 5 de novembro de 2009

Capa da Playboy


Marge Simpson para a Playboy

Para quando uma Bárbara Guimarães? Ou uma Catarina Furtado? Ou uma Joana Amaral Dias? Ou uma Guta Moura Guedes? Ou até uma Paula Moura Pinheiro. Isso é que era giro. Assim não tem piada. Nós nem sabemos quem são as moçoilas que aparecem em pelota na capa. Quem é a deste mês? E que idade tem? É gira, muito gira, mas parece uma criancinha. Assim comássim, mais valia fazerem uma repetição da Marge Simpson, ficou tão bonita e tão sexy.

18 comentários:

TiTó disse...

pois ficou :) o photoshop faz milagres :) lol

beijinhos

Flor disse...

A rapariga é gira...mas concordo qd dizes que devia ser uma Barbara Guimarães ou alguem k realmente nos surpreenda...

Analog Girl disse...

Acho que a Marge aparece na playboy portuguesa deste mês, também...Não é é tema de capa!

hierra disse...

Pois realmente, ao contrário do que acontece no Brasil, em que vai meio mundo a correr para as bancas para ver X ou y na Playboy, em Portugal e até agora ninguém causou grandes euforias :)

Capitão Microondas disse...

Sabes bem que essas meninas nunca aceitaram posar. Além de que muitas delas, por mais que vocês queiram, não são Playboy "material". Eu sei que o aparecimento da Maya na FHM tornou plausível que qualquer mulher se ache no direito de ser capa de uma revista do género mas apesar do mau serviço que a edição portuguesa faz a playboy ainda é playboy. A Catarina Furtado (apesar de já enjoar um bocado) tinha lá lugar. A Guta... de cara sim do resto não tenho noção. A Bárbara Guimarães de hoje é que não.

Já lá esteve a Cláudia Jacques... não gostaste? >:)

Capitão Microondas disse...

Só depois de postar é que li a sugestão de... PAULA MOURA PINHEIRO! :D. Unbelievable cara Kitty, unbelievable... :) só faltava a Playboy começar a escolher mulheres para despir nas suas edições não pela representação fantástica que são da beleza seja qual for a sua idade mas sim por critérios definidos pelo Jornal de Letras.

Vera disse...

Acho que a Marge ficou mesmo bem...

Anônimo disse...

Pelo menos algumas delas deviam ter pelinhos na zona púbica, tendencia que so parece haver no brasil! Ana

Lady Bennett disse...

Alguém do nível da Marge é que tornaria isto interessante. Realmente, tens razão, porque assim não tem piada nenhuma (digo eu, que os senhores talvez tenham outra opinião!)

Woman Once a Bird disse...

Parece-me que o grande problema é exactamente o facto de este género de revista considerar a mulher "material". Daí que, na minha perspectiva, saúdo as mulheres portuguesas que não concedem neste tipo de esquema. E venham então as moças em início ou fim de carreira, que ainda não conseguem vislumbrar o verdadeiro alcance da coisa.

N disse...

A miúda deste mês era dos Morangos e é filha de uma modelo qualquer giríssima da velha guarda.
Não vi a produção toda, mas pelo menos a capa está boa, o que já não é mau.

Mi disse...

Por favor, coisinha que não queria ver era a Joaninha, a Guta ou a Paula na Playboy! Acho que o problema da Playboy portuguesa não são as mulheres que escolhem, que estão perfeitamente enquadradas no tipo de mulheres que escolhem em todas as Playboy's (se bem que a deste mês parece novinha de mais, concordo), mas sim a falta de bom gosto das fotografias! Até agora a única que achei excelente foi a da Débora Montenegro.
kiss

Capitão Microondas disse...

@ Woman

Mas porque é que as mulheres devem conceder o que quer que seja se a playboy é uma revista masculina?

Será que eu devo "conceder" alguma coisa perante os cabides que a Happy utiliza como representação de mulheres?

A Playboy é um ícone que, em parte, se fundamenta no elogio ao corpo da mulher bonita, seja ela mais magra, mais cheia, mais nova ou mais velha, mas sempre muito bonita, e é por isso que se pauta e deve pautar, senão perde a identidade. A Playboy não é suposta publicar nas suas páginas centrais mulheres que não sejam símbolos de sensualidade e objectos de desejo masculinos, sejam elas mais ou menos conhecidas.

A Paula Moura Pinheiro é objecto de desejo de quem? Acho que nem do Saramago ou do Lobo Antunes. O que não quer dizer que não seja uma mulher interessante aos olhos de alguns homens, mas essa não é a esfera da Playboy.

Woman Once a Bird disse...

Capitão:
Por tudo o que enunciou. Pelo facto de ser uma revista que objectifica a mulher e que se repercute na forma como nos relacionamos. Já agora, as revistas femininas no mesmo teor também me merecem o mesmo reparo.

Woman Once a Bird disse...

errata:
Na última frase, leia-se masculinas.

Cathy Oh disse...

A Playboy fez duas capas este mês: uma que é a Marge Simpson e outra com a Marta Faial.
O problema é q nas tabacarias e papelarias só se vê as maminhas da miúda que, nos morangos, andava com o Crómio. -.-
Como disse alguém upthere: sim, ela é filha de uma modelo que costuma aparecer na sic mulher.

Beijinho bom *

steak and chips disse...

sinceramente... e correndo o risco de parecer preconceituosa ou antiquada... parece-me que em Portugal (sublinho - em Portugal) mulheres que queiram manter uma postura de classe, para já, não posam na Playboy. Daqui a uns anitos, nunca se sabe...

xoxo*

Anônimo disse...

Desculpe lá Capitão, mas eu acho a Paula Moura Pinheiro uma mulher muito bonita. Mas claro, eu sou mulher!

Maria