quarta-feira, 14 de outubro de 2009

Sobre o episódio da Maitê Proença



Isto é uma reacção provinciana e saloia dos portugueses. Somos um povo sem capacidade de humor e autocrítica. Há algum português que vá ao Brasil e não goze?" Ah ah ah. Bom, eu já estive no Brasil e não gozei com os brasileiros. Muito pelo contrário. Mas isso agora não interessa nada. Até porque já se esperava uma reacção destas do Miguel de Sousa Tavares a propósito deste episódio. Aliás, ele não devia estar já a viver no Brasil? Não tinha dito que ia viver para lá uma vez que estava farto do nosso país? E o que continua cá a fazer? Eu juro que já gostei do homem, sempre o achei um charme, já li um ou dois livros dele, mas ultimamente não o suporto. Não há paciência. Está com o ego proporcional à sua estupidez.

E a Maitê Proença? Bom, eu propunha que, quando ela viesse cá, a surpreendêssemos com um apedrejamento em praça pública, assim como quem não quer a coisa, com pedrinhas pequeninas, nada de grandes exageros, até podia ser logo à saída do aeroporto, e depois disséssemos todos em coro que não passava de uma brincadeirinha do povo da terrinha. Afinal de contas, temos de lhe mostrar que também temos sentido de humor. Não é verdade?

45 comentários:

Gaja com G maiúsculo disse...

Posso levar berlindes? Existem de vários tamanhos e cores :D

Beijinhos

hierra disse...

Não foi só o que disse foi o ar de parva com que disse aquilo, parecia uma mentecapta...eu tinha ideia que ela não era, mas agora dúvido...Irritou-me muito aquela história de se referir a Portugal como a terrinha, aí que nervos!!!

Anne disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Little Miss Sunshine disse...

Uma parva, idiota e burra! E feia, viste como ela estava feiosa no vídeo? Estúpida. Já não a suportava, agora então ainda pior.

apipocamaisdoce disse...

Os portugueses percebem humor. E aceitam-no. Se for bem feito, inteligente. Temos a capacidade de nos rirmos de nós mesmos. Não nos podemos é rir de uma pseudo-reportagem que, mais do que ser divertida, tinha o intuito de servir para a Maitê e amigas ridicularizem o país. O grande problema é que ela foi infeliz em tudo. Nos comentários infelizes, na gritante falta de conhecimento, nas piadas sem qualquer ponta de graça, na tontice . E disso, da burrice e da pobreza de espírito, felizmente, não nos conseguimos rir. Mas ainda bem que o MST consegue. Clap clap para ele.

prada disse...

Água de côco "hidrata e rejuvelhece" .
Não gosto do Brasil , nem de brasileiros, nem de migueis sousas tavares.

Lucy Fields disse...

Isso!!! Belo post!

Carrie disse...

Eu acho que mais do que burrice é pura ignorância...
Definitivamente ela não tem jeito nenhum para a comédia...
Quantas e quantas vezes não nos rimos com as caricaturas da nossa nacionalidade dos gato fedorento e dos contemporâneos? Verdadeiramente estupido é dizerem que não sabemos rir de nós próprios...

Pedrinhas é bem :) Podemos sempre rir aos mesmo tempo que as atiramos para mostrar o quanto sentido de humor temos cá na "terrinha"!

Anônimo disse...

A mãe da Maitê foi morta pelo próprio pai (da Maitê)

Logo aí, dá para ver que ela não é mto normal.

Agora, um verdadeiro exagero essa confusão causada por um vídeo de... 2007(?!?!)

Faz me lembrar qdo estive em Marrocos este ano e vi um grupo de portugueses com atitudes semelhantes à desta Sra. Mas, lá está, não filmaram, nem transmitiram na SIC.

Sinceramente, não vi nada demais no vídeo. Cuspir para mim, é bem diferente daquilo que ela fez no final...

art.soul disse...

boa ideia!!vou começar a apanhar pedrinhas!

enquanto a ouvia, estupfecta, pensava na percentagem de burrice que ia naquele cérebro mas depois deu-me cá uma urticária quando a vi cuspir no jarro dos jerónimos... não há pachorra, é mesmo partir para a violência!

Anônimo disse...

No Brasil qdo falam de Portugal, falam em "Terrinha" "Santa Terrinha", mas sem o sentido pejorativo, é mais uma maneira carinhosa.

E já vi milhares de portugueses referirem que no Brasil falam "brasileiro".

pó de arroz num ataque de escrita crónica disse...

Concordo plenamente!
Ela é absolutamente falsa, além de mal educada, mal formada e inculta (só para não dizer burra).
Por acaso vinguei-me dela...estrafanei-lhe a cara toda no photoshop e publiquei no meu blog!Deu-me um gozo enorme!

Anônimo disse...

Olá! Sou brasileira e vivo em Portugal com minha família luso-brasileira. Também não gostei de ver e ouvir os comentários preconceituosos da Maetê e sinto-me envergonhada enquanto cidadã brasileira. Nenhum povo deve zombar ou tecer comentários maldosos sobre um outro. Deve sim respeitar suas características, compreender suas diferenças e sobretudo respeitá-las. Não posso concordar com a Anne por exemplo que teceu um comentário tão preconceituoso quanto o da maetê.
O Brasil fala a Língua Portuguesa e possue sim suas diferenças linguísticas pois o "nosso" modo de falar e de escrever se deve ao fato de termos recebido influências de outros povos, como: Os africanos, os espanhóis, os alemães, as diferentes nações indígenas brasileiras( cada qual com sua língua).
Não devemos julgar 300 milhões de brasileiros pelas ações de uns poucos. Eu pelo menos não julgo os portugueses ou outro povo por conta de alguns maus sujeitos que encontro pelo caminho.
Cada ser humano é único e deve ser respeitado pelo que é e não julgado como se todos fossem peças fabricadas em séries. Se uma tem defeito, todas têm. Vamos nos respeitar,somos irmãos, semelhantes, porém não iguais. E ainda bem, pois se fóssemos iguais o mundo seria uma chatice.
Beijos a todos. E desculpas em nome do povo brasileiro.

Mimi disse...

Esta reacção vinda do MST...
enfim, ela foi infeliz mesmo. Tentou ser cómica coitada, a mim não me pareceu que o registo fosse cómico. O melhor mesmo é desistir, pq não tem jeito nenhum para fazer rir.

Allie disse...

A forma como ela falava no vídeo dava a entender que estava a falar de um país do 3º mundo, quando em termos comparativos Portugal tem uma melhor qualidade de vida, seja em segurança, saúde, educação, etc. Prova disso é que os brasileiros, incluindo a Maitê, vêm para cá trabalhar. Isto lembra-me quando alguns actores do CSI vieram a Portugal fazer uma campanha publicitária e as calinadas eram tantas que quase me partia a rir, como por exemplo Paella ser um prato português.

Anônimo disse...

O humor dela é tão refinado que nós aqui da terrinha não o conseguimos alcancar.... (Será que ela sabe o que é ironia?!)

joana disse...

Fiquei chocada até porque tinha um certo respeito por ela como actriz. As baboseiras até se desculpam, não saber se ainda era Tejo ou mar, os anos de Salazar no poder, o número 3 invertido...agora gozar com o os Portugueses dizendo "são assim, vai fazer o quê" como se fossemos uns anormais, cuspir em pleno Jerónimos, é como ter pessoas em nossa casa a gozarem com os donos! Como figura pública tem responsabilidades. Apedrejamento e cuspidelas em praça pública.

Anônimo disse...

O video é mau, o programa em que ele foi lançado é mau todos os dias.
A Maitê Proença sempre foi uma péssima actriz.
Resumindo, remeto-a á ignorância.
O MST é um caso de amor/ódio. Por aqui já se percebe que ignorá-lo é coisa que não consigo :)
Sabia que o seu calcanhar de aquiles era o seu FêCêPê, fiquei a saber que sofre do mesmo com a...como é que ela se chama mesmo?


Joana F

Mais um homem... disse...

Ora cá está o que tenho vindo a tentar dizer, apesar de lindíssima, rosto, cabelo, dentes e corpo não tem ponta por onde se lhe pegue. A beleza não é mesmo tudo.

Ácido Cloridrix HCL disse...

Ahahahahah,,, gostei da sugestão, e que tal se em vez de pedras usássemos uns "coisinhos" das Caldas, que achas da ideia???? Creio ainda que mais q desculpas aos portugueses, essa menina deveria era também pedir desculpas aos próprios brasileiros, pela ignorância e falta de gosto demonstradas, e já que ama tanto Portugal, como ela diz no video em que pede desculpas, que tal se retratar e admitir que errou??? Para mim uma retratação dessas chegaria e evitaria o apredejamento publico,,, que achas??? Aguardo a tua opinião sobre o mesmo assunto lá no meu blog, obrigado e parabéns por este espaço, está fantástico!!!!!!!! HCL
(http://sexohumorprazer.blogspot.com/)

Capitão Microondas disse...

O MST, como bom putanheiro que é, está a brincar com as palavras. O termo "gozar" que ele está a usar é noutro sentido e aí está a fazer uma referência à quantidade de portugueses que vão fazer férias ao brasil e acabam por "gozar", algo que nitidamente está a fazer falta à Maité.

Pimpi disse...

Vejam o pedido de desculpas dela:
http://www.youtube.com/watch?v=l5laQamJIQo&feature=player_embedded

Pois este pedido de desculpa não me convence minimamente. Cospe num momnumento nacional e depois pede desculpa? Eu quando viajo para outros países não é com o objectivo de desrespeitar um povo e uma história, como ela o fez. Para mais, nem os trabalhos de casa fez, pois o 3 ao contrário na nossa vila considerada património da Unesco é um símbolo esotérico. E toda a gente sabe que o Tejo é um rio, e em Portugal todos os rios desaguam no mar, e nos outros continentes também.

Deixei de ser fã dela e de respeitar o trabalho dela. Ela mostrou ser uma pessoa pouco interessada, que faz pouco da história, pouco humilde, prepotente e porca.

Mas que dizer de alguém que já teve problemas com drogas, que se despe para revistas e que cospe no prato onde comeu e come??

Nada.
Resume-te à tua insignificância Maitê.

ffiffas disse...

Bem, eu prefiro ignorar, porque sinceramente se ela tentou ridicularizar-nos ou gozar connosco, acho que o que verdadeiramente conseguiu foi ridicularizar-se, passar um atestado de burra, ignorante e incompetente a ela própria!
Quanto ao MST não posso com o homem porque ele tem uma forma de manifestar as suas opiniões que não dá margem a opiniões diferentes. Não sabe respeitar os outros.

S* disse...

Ele nao andou enrolado com ela? Pois, previsível.

Anônimo disse...

Não me ofendeu absolutamente nada! Nem um risquinho.
Aquilo era a sua tentativa de fazer humor, a qual saíu redondamente falhada - acontece.

Contudo, pareceu-me estar um pouco "chapada" (drogadita); mas ela já é mesmo "doidona" por natureza. heheheh

Tão grande tempestade num copo de água!

' disse...

Maitê quem?


Para quê dar importância a uma senhora que não sabe do que fala.

É dizer, "coitadinha, é tontinha" e seguir para bingo. Não merece mais do que isso...

_ba_ disse...

Nós somos tão atrasados mas mesmo tão atrasados que só agora é que vimos isto que parece (segundo tenho lido) foi feito há 3 ou 4 anos.
Seja como for o que me aborrece é que a nossa memória é muito curta: quando foi da Christiane Torloni (que veio passar um tempo cá na sequência de ter perdido um filho gémeo num acidente) também fez o que quis, aproveitou a amizade (ou quiça algo mais lol) com o PSL e depois também disse cobras e lagartos: claro que também se disse que não nos iriamos esquecer :-(
Com esta irá ser a mesma coisa: fala-se, fala-se mas, daqui a um tempo, ninguém se irá lembrar mas se ela pisasse o nosso solo, por estes dias, também lá estaria na fila com pedras, ovos podres e afins :-)
De qualquer modo temos problemas mais graves neste País sem ser o que uma "flausina" diz ou faz ...

Clau disse...

Ai ai ai Miss Kitty Fane. Com tanto post sobre o estrago que a loira brasileira já fez nestes blogs que Deus me deu para ler (e com os quais eu deliro =) ), já não sei o que escrever no meu sobre o mesmo assunto. A modos que me apetece pegar em tudo quanto leio, citar as autoras e pimbas copy-paste para o meu template. É que realmente pouco mais me resta acrescentar; quando ela chegar, promete-me Kitty Fane que me avisas para eu contribuir nesse mini apedrejamento =)

João Paulo Santos disse...

Cara Kitty Fane,

A mim não me choca nada que gozem comigo ou connosco mas o que essa Sr.ª fez foi mais profundo.

Senti, ao ver o vídeo, um enorme prazer em magoar e reduzir ao nada os portugueses e ainda por cima falou mal... "botou o n.º"?

Ou seja... nem classe teve a gozar connosco.

Haverá algum recalcamento escondido em relação aos portugueses?

Uma amiga minha viaja regularmente para o Brasil (a sua profissão é viajar) e vê esse programa, garante-me que a Sr.ª Maitê é sempre assim em relação a nós, isto é, não foi um caso isolado como agora no pedido de desculpas a menina quer fazer crer.

Mas depois disto quem ficou prejudicada foi ela própria, aqui na "terrinha" ela já era.

Dançou viu?

Duvido que algum português com orgulho próprio compre os seus livros ou assista às suas peças de teatro ou novelas.

Vais perder muito dinheiro minha querida Maitê, duvido que te faça falta mas vais perder.

Clau disse...

Ahhh, só mais uma coisinha. O Sousa Tavares está realmente insuportável com aquele ego de excentricidade mórbida. Acontece que há dias, na nova terra adoptiva que ele tem (Brasil), onde até também já tem nova namorada (brasileira), veio dizer algo que eu aprovo sobre o novo acordo ortográfico, que por acaso já não me lembrava ter sido proposto pelo governo brasileiro: "Quer dizer, nós damos-lhes a língua e eles agora exigem que nós falemos e escrevamos todos de igual forma, mas à maneira deles"; pois, meus caros e caras, lá nisso eu dou razão ao homem. Eu não vou nunca aceitar escrever de outra forma, mesmo que me digam que a língua portuguesa, a sua gramática e ortografia já muito foram alteradas, pois foram sim senhor, só que por nós, com o passar dos anos e da fonética e da escrita, não porque nos foi imposto por qualquer governo de um país que, lamento profundamente mesmo ter que o relembrar, foi uma das nossas colónias e, onde, por acaso, nós inserimos um dialecto, tal como no México, Urugaui, Bolívia, Chile, El Salvador, Perú..etc etc, se fala espanhol porque foram colonizados por Espanha e, não me lembro de até agora algum desses países ou o núcleo geral dos mesmos pedir em bloco a nuestros hermanos "Olhem desculpem, mas a partir de X data irão ter que escrever como nós e falar como nós". Bom, má comparação porque penso que o espanhol não varie muito daquilo que é. Anyway, vocês percebem onde quero chegar, n é?

Paula disse...

Quando é para vender os livrinhos que escreve,Portugal é povo irmão,e aparece sempre um bisavô que nasceu no Minho.Por trás,a história é outra.
Maitê,e se fosses filmar a tua terra???

Rice disse...

É que nao podia concordar mais. Fiquei tao GRR da vida que me levantei do sofa com uma furia para ir directa ao computador, tratei de lhe mandar uns comentarios bem fofinhos, o blog dela ja esta cheio! de seguida assinei um abaixo-assinado, fui igualmente fofa para essa velha chupada.
Raio da mulher.

Bituca disse...

gostei da proposta. parece-me prudente. afinal temos de mostrar o bom humor que nos é característico! ;)

Pólo Norte disse...

Porque lhe estamos a dar tanta importância? A opinião dela é assim tão relevante?

Anônimo disse...

Sempre tenho ouvido dizer que as loiras são burras mas, já lidei com várias loiras que de burras não tem nada mas esta Maitê, é mesmo burra, aliás, sempre o foi desde que a conheço à muitos anos.

O pedido de desculpas, não invalida em nada a acção dela perante todos nós Portugueses porque afinal, Portugal é um Albergue de muitos esfomeados e espertos brasileiros que caem cá.

Espertos no sentido de terem uma forma muito peculiar deles no falar onde por cá nos Bordeis e casas de Alterne se vê como funciona a linguagem delas.

Claro que nem todos são assim mas, por defeito, a maioria é assim coisa que já conheço de gingeira a maneira artística que este povo tem de lidar com as pessoas fazendo-as tornar por parvas.

As bocas que ela mandou, os desconhecimentos deste país e o insulto aquilo que é nosso, não tem limite de desculpas porque ainda por cima, cuspir num Monumento Nacional, é como escarrar na cara de todos nós.

Resta-me dizer que seja este país o que for, é uma identidade nossa que apesar de ser como é, não deve ser enxovalhado desta maneira.

Quando se lê uma coisa destas como o faz este anónimo:
------------
Sinceramente, não vi nada demais no vídeo. Cuspir para mim, é bem diferente daquilo que ela fez no final...

14 de Outubro de 2009 14:08

--------------

então que pensar de gente desta ao afirmar tal coisa?

Triste, muito triste né? como diz o Zé Brasileiro.

E assim como se diz, (nós por cá) vamos vendo coisas destas com um certo apoio de alguém (talvez ignorante) que ainda mama nalguma coisa.

Maitê Proença, sempre foi uma pessoa que desde o aparecimento dela na ribalta da vida televisiva e não só que passou vários corredores a pano, e isto, é mais um para a história da vida dela.

Quanto ao MST, está errado neste país, não é o Brasil o país dos sonhos dele?

Nas Tabancas e Favelas Brasileiras também existe por lá muita fanfarra.

Quanto ao dizerem que que somos irmãos, (É lá, aí pára, a minha família sei eu quem é!..).

Kitty, este post merece 5*****, foi do melhor que até agora aqui apresentas-te para mostrar a quem aqui vem a indignação a tal coisa vinda desta pacóvia.

Beijinhos.

PORTUGUÊS DE PORTUGAL.

Fernanda disse...

Não a podemos afogar na fonte onde ela cuspiu? Eu arranjo uns amigos matulões que lhe fazem uma amona até ela parar de esbracejar

Anne disse...

só tenho uma coisa a dizer à pessoa que deixou o comentário anónimo que diz que fui preconceituosa. Acredite que tenho bem razões para falar como falo de certos brasileiros.
sou preconceituosa apenas com quem é preconceituoso com os portugueses e Portugal.

quando falo, faço-o pela minha experiência muito pessoal.

num outro ponto, não sou preconceituosa por quem demonstra ser respeitador de culturas e países diferentes. tanto assim é, que aceito muito bem a companheira do meu pai, que é brasileira. mas é uma pessoa decente e honesta, pelo menos do pouco que conheço dela.

agora quando eu tenho de assistir todos os dias a cenas deploráveis dessas pessoas que vêm para portugal viver apenas para vadiar e viverem à custa do estado ou do bolso dos homens, então desculpe-me mas não posso concordar com isso.

mas não pode dizer que sou preconceituosa só porque reajo ao que uma conterrânea sua disse de um país que a aceitou e recebeu com carinho, sempre.

sou patriota e desculpe mas não admito que falem assim do meu país e da minha gente.

Anônimo disse...

Infelizmente, não é a primeira vez que ridicularizam e falam mal dos portugueses no tal programita "Saia Justa", no ar há anos lá pelo Brasil. Não deixa de ser estranho que lá longe se fartem de por todos os defeitos e mais alguns nos portugueses e depois venham para cá cheios de sorrisinhos e hipocrisias. E depois fica muito complicado não generalizar a todo e qualquer brasileiro, mesmo aqueles com quem partilhamos um ascendente há umas gerações atrás... enfim... há para aqui interacções entre povos que estão recalcadas e muito mal resolvidas...

Cristina Silva

Anônimo disse...

Enquanto vocês apedrejavam, eu fazia a bolinha salivar e entornava para cima dela :D
E depois ainda vem com aquele ar de sonsa pedir desculpa...
De algo não se livrou...de ser catalogada como básica. Porque pelo tipo de discurso é isso mesmo que ela é. E outra coisa não se podia esperar de uma actriz, brasileira, de novela...

Ups...espere aí Maitê, eu estou a brincar consigo, né?

Cátia Afonso

SLB31 disse...

Por mim o avião nem aterrava...

Anônimo disse...

Pior de tudo foi cuspir na fonte!!! Para além de ser uma atitude ordinária, mais parecida com as ACTRIZES PORNO APÓS EJACULAÇÃO DO PARCEIRO, é uma ofensa ao local simbólico do mosteiro dos Jerónimos!

Agora que goze a história, aliás partilhada pelo seu país, os monumentos que o Brasil não pode ter e outras coisas do género, isso sim, faz dela um animal sujo, ignorante, invejoso e desprezível, incapaz de reconhecer o atraso intangível do seu próprio povo.

Sobretudo, jamais creiamos no seu falso arrependimento.

мα∂αℓєηα disse...

Adorei o teu post!!! Sinto e penso exactamente o mesmo!!

Também gostava do Miguel Sousa Tavares...mas agora nem o posso ver à frente, é um arrogante e estúpido.. não percebo com o dinheiro q ele tem porque é q não vai viver de uma vez para sempre para o Brasil.....se está mal que se mude!!!

Marcia Parassol disse...

Kitty,

Moro em Portugal há 11 anos e adoro este país, onde respeito o meu semelhante e o sentimento é recíproco.
Tenho dois filhos, inclusive um possui nacionalidade portuguesa e transmito à eles valores e exijo que tenham uma postura de boa convivência e respeito.
Quanto ao atestado de burrice que a actriz Maitê Proênça nos presenteou, é o retrato deprimente de uma pessoa que não aproveitou para sí própria, a educação que recebeu dos seus antepassados.
Em meu nome e de todos os brasileiros de bem, honestos, trabalhadores e que amam este país, peço imensas desculpas aos meus irmãos portugueses, pela insanidade desta pseuda "escritora".

Bokwus disse...

Engraçado que nós em Portugal temos o hábito de, por brincadeira, cuspir não em monumentos públicos mas sim em figuras públicas eheheh para a próxima que cá vier temos de lhe mostrar o nosso excelente sentido de humor _P

Pedro disse...

Quer-me parecer que essa senhora sofre do complexo da maior parte dos brasileiros (leia-se: dos brasileiros não-ignorantes que até sabem ler e escrever) que consiste na negação dos seus descobridores e "civilizadores" (as aspas têm em conta o vídeo). Quanto à cuspidela..enfim, explica-se pelo facto do património brasileiro verdadeiramente apreciado ser natural... Estilos arquitectónicos genuínos não é com eles, muito menos quando associados à descoberta do Brasil.
Quanto mais viajo mais sinto que Portugal se explica por si próprio. Por Lisboa, Porto, praia, serra. Mas explica-se principalmente por cada Português. Por aqueles que escrevem facto com "c" e baptismo com "p", sem qualquer espécie de adultério. Pelos que recebem de porta escancarada, pelos que põem o melhor que têm na mesa, pelos que se orgulham deste pequeno canto à beira mar plantado.
E creio que já caí na minha veia poética :p