domingo, 25 de outubro de 2009

A culpa não é minha, a culpa é do Esporão Reserva Tinto de 2006



Paul Varjak: Holly, you're drunk.

Holly Golightly: True.



Breakfast at Tiffany's (1961)

6 comentários:

Kikas disse...

tu até querias parar, mas o Esporão Reserva Tinto de 2006 não deixava.. é ou não é? :p

Gaja com G maiúsculo disse...

Ora bem... para estares a dizer isto, resta saber o que fizeste sob o efeito do álcool :))

Anônimo disse...

Pois...mas o bom gosto é uma realidade! Vinho encorpado, como manda um bom alentejano...
R

Anônimo disse...

Grande vinho, vale o dinheiro que custa.O que ele nos faz "falar" e "fazer" são outros "quinhentos"...


Bom resto de Domingo.

Clau disse...

Em relação a este post e aos dois acima: por vinho também se pode entender chocolates, filmes româticos e lamechas, escrever no diário ou "pouring our souls out" nos blogs. Quando sentimos falta, não há nada que substitua aquela imagem e sensação do nosso peonsamento.

anita disse...

apreciadora de vinhos?