sábado, 31 de outubro de 2009

Blogues de papel

E o meu bloguezito (pela segunda vez, que eu saiba) no "Blogues de papel" do jornal Público a propósito do post da Gripe A? Foi bonito. Não fosse um dos meus manos a dizer-mo e eu nem sequer chegava a saber. Que ricos leitores vocês me saíram.

21 comentários:

Miss Complicações disse...

E isso é importante?

prada disse...

Leio sempre o P2 e não me lembra de ver esse post, mas como tenho muitos jornais ali, ainda vou tentar ver.
Tens razão no teu lamento...mas
os parabens ainda vão a tempo!!

Kitty Fane disse...

É bom de saber. Sobretudo no Público.

Ah, deixa-me cá ver, para ti não seria. Pois. exacto. Claro. É mau reconhecerem o que escrevemos.

By the way, acabei de ler, não és tu que detestas blogues cor-de-rosa? Que estás aqui a fazer, moça? Não devias de estar ocupada com a tua tão preenchida vida. Aqui a perder tempo com estas coisas fúteis, pá. :-)

Anônimo disse...

Então, meninas??? Não se zanguem!!!
Boa Kitty Fane! Aparecer no Público não será talvez importante mas é cool! E vai trazer mais leitores de certeza! Foi por aí que eu comecei a seguir blogs!
A.

prada disse...

Acabei de ler, é do P2 de ontem.
Como gosto muito deste suplemento, costumo lê-lo em momentos de maior descontração.
Tambem fico atónita com alguns comentários cínicos e invejosos.

Miss Complicações disse...

Bom dia Kitty,

1) Fiquei esclarecida e até te dou parabéns por gostar do Público. Está meio fraquito, mas mesmo assim continua a manter alguma qualidade.

2) Exacto. Acertaste! Para mim não é importante reconhecerem o que escrevo. Estranho não é? Mas é verdade! Até te explicava o porquê, mas ai ficarias a saber mais do que eu. Uma coisa garanto: Não é importante reconhecerem o que escrevo. Se fosse nem precisava de ter um blog.

3) Aqui é que, mais uma vez, vou fazer um esforço para me fazer entender.

3.1. Ou eu não me faço entender da melhor forma (o que acredito que seja verdade) ou o pessoal anda com problemas de interpretação:
NUNCA disse/ escrevi que não gostava de “blogues de gajas” (nunca referi o termo cor-de-rosa), pelo contrário até elogiei a qualidade da escrita de alguns. Claro que não mencionei nenhum em concreto, mas confesso que o teu era um deles (Agora vou ter hate mails de gente ciumenta. Chatice!)

3.2. Realmente tenho uma vida bastante preenchida, se bem que por vezes perco tempo com coisas desnecessárias como seja esta explicação. Mas sou educada. Contra isso não há nada a fazer.

3.3. Seja lá a avaliação que faças da tua pessoa real ou “blogosferica” fico feliz que reveles ser realista e honesta ao admitires que aqui flúi a futilidade.

Em jeito de conclusão ficam aqui algumas notas:

Fico feliz que tenhas lido o meu blog que prima por mau gosto, pela péssima escrita onde são levadas a cabo as maiores atrocidades à língua portuguesa. (Sei que essas coisas te deixam transtornada. Obrigada pelo esforço de teres ido ao blog).

Comentei várias vezes o teu blog, perdendo algum tempo a elaborar comentários que não se resumissem a “Kitty és a maior, és linda e fantástica”. Não sei se é importante para ti mas procurei ser honesta, sincera e, mesmo discordando das tuas opiniões, sempre mantive um certo nível de educação nos meus comentários que redigi. Até “perdi” algum tempo a comentar…

Por último agradeço a publicidade. Tu enquanto Opinion Leader da blogosfera, com este teu comentário levarás muita gente ao meu humilde blog. Tal como aconteceu com o Pingo Doce, também aqui a má publicidade pode ter algum efeito.

PS. Fica descansada, com muita pena minha, já cá não virei. Não gosto de incomodar. Se aparecem anónimos não penses que sou eu, até porque abomino tal coisa.
“Faça favor de ser feliz.”

Kat disse...

Parabens Kitty eu acho importante reconhecerem o nosso "trabalho"

Beijinhos :)

Kitty Fane disse...

Caríssima Miss Complicações, queria apenas dizer que não quero, de todo, declarar aqui uma guerra. Longe de mim. Aliás, até escrevi aquilo em jeito de piada, daí o smile no final. Pensei que tivesse entendido isso.

Acheia piada, porque achei de facto o ´comentário - E isso é importante? - inoportuno. Do género : olha esta idiota contente por aparecer no público, vou mas é já cortar-lhe com essa alegria, dizendo-lhe que afinal aquilo não tem importância nenhuma. Depois sigo o seu link e qual não é o meu espanto quando leio o post acerca dos blogues cor-de-rosa, a ridicularizá-los, como se esses fossem uma porcaria, e o seu, sim, fosse o máximo. Mas,claro, sempre a dar uma de humildade, para não parecer mal.

Enfim, sabe que mais? Se não quisesse ser reconhecida por nada do que escreve, se não quisesse ser lida, comprava um moleskine e escrevia lá o que lhe dava na cabeça, nunca criaria um blog. Essa de se dizer - ah e tal, eu não quero visitas, ah e tal, eu não quero ser reconhecida, é muito engraçada, mas só engana quem quer ser enganado.

No fundo, quem cria um blogue quer um bocadinho de atenção, quer que alguém leia a sua opinião, porque se não a quisesse não criava um blogue, ou não o abria a toda a gente, ou não andava a deixar comentários noutros blogues com o seu link.

E, pronto, de maneiras que é isto. A menina Complicações é livre de fazer o que lhe apetecer. Portanto sinta-se livre para nunca mais cá aparecer. De qualquer modo, as portas estão sempre abertas para si como estão para toda a gente, mesmo para aqueles que têm necessidade de dizer quase todos os dias que não suportam blogues cor-de-rosa.

Beijinho

Anônimo disse...

O que é um moleskine?

Rita disse...

Kitty Fane adorei o teu blog, a forma sarcástica e contundente como expões os assuntos diários que todas nós temos conhecimento, falamos e cuscamos embora haja quem não queira dar o braço a torcer.
Eu adoro ser gaja, adoro coisas cor-de-rosa e não é por isso que me considero menos inteligente! Parabéns pela tua autenticidade.

Dá uma espreitadela no meu blog

http://antologiadesonhos.blogspot.com/

Beijos

Rita disse...

:)

Miss Complicações disse...

Poderá ter sido inoportuno, mas foi no sentido de saber até que ponto uma referência no publico poderia elevar o ego de alguém.
Não ridicularizei ninguém, apenas referi factos. Se os achas ridículos são as suas palavras, não as minhas. O meu blog não é o máximo. Pelo contrário sou a primeira a apontar o dedo e a dizer que é espaço onde não vale a pena perder tempo. Não tem qualidade e é estúpido. Por isso o criei. No meu dia-a-dia não me são permitidos erros e não posso ser estúpida.

Ser reconhecida publicamente na imprensa é uma coisa, na blogosfera é outra. Na blogosfera gosto de receber visitas e de ter comentários e fazer amigos (como já aconteceu), nada mais. Se quisesse ser reconhecida publicamente esforçar-me-ia para fazer algo melhorzinho e mais em escrito. Obviamente seria hipócrita se dissesse o contrário. Se comprasse uma moleskine para escrever (também poderia ser uma agenda dos CTT) talvez fosse mais complicado ter travado conhecimentos com outros bloggers. Aliás, andei cerca de um ano a escrever em blogs sem que tivesse um.

Quanto aos comentários nos outros blogs faço-o porque é isso que dá sentido à blogosfera onde se bloga. Poderia comentar como anónima, mas jamais o farei, o link para o meu perfil acho que tem lógica para se saber quem é a pessoa que comenta.

Agradeço a amabilidade, mas visto ter-se sentido ridicularizada, tendo assumido tudo o que foi escrito, acho que este blog não tem muito a ver comigo, apesar de admitir que a Kitty tem o seu “Q” de piada e escreve muito bem.
Quanto ao que “têm necessidade de dizer quase todos os dias que não suportam blogues cor-de-rosa”, por esses lamento, porque não têm mais nada que dizer.
Eu não suporto favas, mas o blog da Kitty até ia lendo.

Beijinhos

Kitty Fane disse...

Para terminar queria dizer-lhe apenas duas coisas. Primeiro, o facto de aparecer no Jornal Público não é por si só motivo para que eu fique feliz, nem para me elevar o ego. Há coisas que de facto que me fazem felizes, esta não é com certeza uma delas. Fiquei um bocadinho contente, isso sim, não o vou negar. Não que espere ser reconhecida pela imprensa, até porque se, de facto, esse fosse o meu objectivo, garanto-lhe que já o teria alcançado há muito.

Segundo, e quanto ao seu post, não me senti ridicularizada, mas achei que determinados aspectos que ali abordou foram dedicados ao meu blogue. Logo, não gostei. Precisamente por não concordar. Mas continuo a achar que em cada blogue manda o seu autor. Logo a Miss Complicações é livre de escrever nele o que lhe apetecer. Eu é que, sinceramente, não me estava a ver a ir para lá deixar comentários indelicados como este tal que me deixou - "E isso é importante?". É que uma coisa é dicordar de um tema e outro é querer "magoar" o autor.

Terceiro (afinal eram três coisitas), apesar da Miss Complicações já ter sublinhado umas dez vezes (ainda não percebi muito bem com que intenção) que já não quer aparecer aqui, que afinal o blogue não tem nada a ver consigo, eu volto a repetir que será sempre bem-vinda cá, concordando ou não com aquilo que escrevo.

:-)

Miss Complicações disse...

“Prontos”… confesso, não tenho espinha dorsal. Disse que não vinha mas não resisti. É mais forte que eu. Fico sempre com a sensação que a Kitty vai responder e quiçá dedicar-me um post.

Nem me passaria pela cabeça que o seu objectivo fosse aparecer no Público ou em qualquer outro jornal ou revista de Portugal. É demasiado fácil e até banal. Se me disser que gostaria de aparecer na Wallpaper, ai até eu gostava.

Kitty, não seja presunçosa. Basta ir ao meu blog, e até ao seu para ver que existem centenas de blogs de gajas (blogs cor-de-rosa). Um deles até virou livro que eu comprei.
Não se ache rainha dos blogues cor-de-rosa. Há muitas Marias no Mundo.

Somos todos livres de escrever o que queremos. Só há uma diferença. Há quem escreva esperando ser bajulada e há quem escreva sem qualquer intenção, esperando apenas que as pessoas opinem, independentemente da opinião agradar ou não.

Também não gosto de quem ofende e de quem escreve para “magoar” o autor. Inclusive já demonstrei inúmeras vezes o meu desagrado por pessoas que vêm aqui ao seu blog falar tontices e coisas desagradáveis. São as chamadas ressabiadas. Lembra-se?
Ora se a defendo dessa gente, explique-me que raio de pessoa seria eu se aqui viesse agora achincalha-la? Era algo esquizofrenicamente assustador.

É verdade digo que aqui não venho, mas o seu blog é muito bom, talvez por isso tenha tantos seguidores ou então é tudo gente que anda a conspirar contra a Kitty e se junta só para a chatear.

Kitty Fane disse...

Pronto, confesso, vou mesmo hastear a bandeira branca, caso contrário amanhã ainda aqui estamos a discutir o assunto. Já vi que somos as duas tortas como o raio e quando assim é alguém tem de lançar uma pomba para o ar. Lanço-a eu.

Beijinhos

P.S. Eu não me acho a rainha dos blogues cor-de-rosa,credo. Onde foi tirar essa? Mas até me considero bastante inteligente e,por isso, sei ver quando se estão a referir a mim.

P.S.2 - Ah e antes que pense que o meu post mais recente é dedicado a si, cumpre-me informá-la de que este post já estava há muito na gaveta, e só decidi hoje publicá-lo porque ultimamente não se passa dia nenhum em que não veja um post desses a criticar o meu blogue e outros como o meu.

Miss Complicações disse...

Lance lá a pomba e não leve isso a peito que eu também não.

Quero apenas acrescentar umas alíneas ao nosso tratado de paz:

É de facto inteligente, nem que seja pelo facto de falar de futilidades com piada, mas sequer um conselho continue a fazê-lo mas não desvalorizando os outros. Se diz ter-se sentido magoada com o meu comentário, como acha que os outros ficaram quando fez um post a dizer que não gosta de blogs com erros. Simplesmente chamou burros aos outros.

Lembre-se que, aqui na blogosfera, como na realidade, nem todos têm instrução, nem todos são professores ou engenheiros. Uns porque não quiseram, outros porque não tiveram oportunidade.
Só para que perceba bem, a minha mãe é uma pessoa de grande formação, mais do que aquela que muita gente instruída tem. Ela costuma comentar alguns blogs e até comete algumas gralhas e erros. Quando leu o seu comentário sentiu-se algo incomodada ao que tive de explicar que nem todos pensavam como a Kitty e que não tinha razão para deixar de blogar, coisa que lhe dá prazer.
Este foi o ÚNICO aspecto que vim buscar aqui ao seu blog, porque nunca tinha visto um comentário de tão baixo nível, falta de formação e cruel para com aqueles que utilizam a blogosfera para se expressarem, mas que infelizmente não escrevem tão bem como a Kitty.
Alimente o blog cor-de-rosa que faz tanta falta como uma caras ou uma lux, mas alimente também o seu lado humano que por vezes sofre apoplexias.

Se realmente se identificou com os outros aspectos, poderá ter razão, mas garanto que não foi a minha fonte de inspiração.
Poderia ficar aqui eternamente a trocar galhardetes com toda a classe, mas tenho de ir ao meu blog atender aos hate mails que estão a chegar. (Pena não terem classe).

Com isso me despeço, indo em paz.

prada disse...

Ufff.. fiquei cansada, mas quero corrigir a palavra " descontracção"
Haja PAZ:)

Anônimo disse...

Olá Kitty,

Cá estou eu mais uma vez a deixar um pequeno comentário.
Quero dizer-lhe que continuo a ler o seu blog apesar de não me identificar muito com ele, mas leio vários, uns mais sérios, outros mais fúteis, quase diáriamente e continuo a achar que a Kitty escreve bem e, felizmente, nem toda a genta gosta das mesmas coisa.
Hoje comento porque quero agradecer-lhe o ter-me chamado a atenção para o blog da Miss Complicações com a vossa troca de "pirôpos".
Escusado será dizer que concordo com o post da Miss C. àcerca de blogs de "Gajas" se bem que também gosto de os ler por serem tão ligeirinhos apesar de, quase todos, ou melhor, quase todas as suas autoras, sofrerem de um mal comum - imodéstia.
De qualquer forma obrigada por me dar a conhecer o "Apenas 24 Horas" e parabéns pelo destaque no Público.
(Só mais uma coisa: nem todos os anónimos comentam só para dizer mal, por inveja ou por cobardia. Eu assino apenas com o meu nick porque quando comento um post quero apenas transmitir e partilhar o que senti ao lê-lo e afinal, neste mundo virtual, com ou sem nome, não somos todos anónimos???)
AOL

Ana'Space disse...

Parabéns pelo 'Blogue de Papel' no Público :)

Vânia disse...

E se a Miss Complicações e a Kitty Fane elaborassem um blogue em conjunto?? Era lindo LOL
Até porque iriam se COMPLEMENTAR!
O debate foi giro, giro, giro, conseguiram dizer muita coisa interessante, não discordei com nenhuma, nem tão pouco se tornou boooooring! ehehe!

SLB31 disse...

Que novela...com algum interesse mas julgo que despropositada.. os blogues são como os canais de tv.. cada um vê o que quer.. e nos tempos que correm são até mais interessantes que os jornais que leio cada vez menos... parabéns ás duas..