segunda-feira, 14 de setembro de 2009

O homem com quem se deve dançar


Audrey Hepburn e Gregory Peck no filme Roman Holiday

Digam o que disserem o primeiro impacto positivo ou negativo de uma pessoa tem quase sempre a ver com o aspecto físico. Não tem de ser um Clooney. Não. Mas deve ter um aspecto agradável, limpo, ou melhor dizendo, deve ter ali um je ne sais quoi que nos agrade e que accione uma série de campainhas adormecidas.

Agora vamos à parte mais importante. Pois o homem até pode ser lindo que só ele. Mas se não for interessante interiormente, não há nada a fazer e vai cada um à sua vida. Até podemos dar um pezinho de dança. Mas à medida que vamos dançando e conversando, começamos a sentir uma vontade cada vez maior de abandonar o par, ali mesmo no meio do salão.

Homens demasiado inteligentes são o máximo. Nós adoramos. Nós admiramos. Um homem inteligente e culto é meio caminho andado para que se queira dançar com ele para sempre. Se tiver garra, determinação e, sobretudo, carácter, melhor ainda.

A educação também é muito importante. Homens brutos que não deixam as senhoras entrar em primeiro lugar e, que se for preciso, até lhes atiram com a porta à cara, são carta fora do baralho. Da mesma forma que são também os que em cada frase incluem um palavrão. Ou seja, homens que não se saibam comportar, não interessam de todo. Esses nem para um simples pezinho de dança.

Adoramos homens que nos mimem, que nos digam que estamos bonitas dia sim dia não, mas que não caiam em exageros. E da mesma forma que não nos interessam os chamados homens colas, também não nos interessam os demasiado desligados.

Não gostamos de homens ciumentos e possessivos, mas reconhecemos que um ciuminho de vez em quando é agradável, sem exageros, claro

E para terminar, não nos interessam homens que não saibam conduzir o seu par. Mulheres com personalidade gostam de homens que saibam para onde ir. Sem machismos.

23 comentários:

aespumadosdias disse...

Eu danço muito mal.
:(

Allie disse...

Ainda este fim-de-semana falei de homens assim. Eles existem, eu sei que sim, conheço um, mas admito que é quase tão dificil encontrar um como acertar na lotaria. Não que os outros sejam maus, nem são, mas além de conhecer um homem com as características certas, temos de acertar no momento oportuno para o conhecer.

prada disse...

Esse, é o homem ideal,diria perfeito.
Receio que hajam muito poucos por aí.

GATA disse...

Eu até sei dançar... mas pronto... não sou gira... :-(

Laetitia disse...

Perfeito!

Miss Kitty disse...

Fantástico!

Concordo com tudo!;)

Bjitos**

Catarina* disse...

Um homem assim, é uma raridade... Assim como uma mulher linda, bem-feita, culta, inteligente, graciosa, que saiba vestir, que saiba estar, divertida, boa comunicadora, boa amiga, compreensiva....etc, etc

Mas também acho que debaixo de tamhanha perfeição, sempre existirá algo mau para compensar, nem que seja a altivez, a arrogancia, a superioridade...

Girl disse...

Eles existem. São poucos. São demasiado exigentes com as suas escolhas e, não raras vezes, apaixonam-se pelas mulheres erradas.

O mundo não é perfeito :(

MRP disse...

pois, mas é preciso nao esquecer que it takes two to tango

Anônimo disse...

Concordo com tudo o que escreveu neste post!

Beijinhos
Mariana :)

Maria disse...

E mais não há a dizer..!

Celinha 007 =) disse...

Ora aí está o dificil de encontrar... Um bom par... Porque aliar tudo o que dixeste a um bom aspecto físico (e não falo de nenhum clooney)... é de todo impossível! LOL Ou melhor... Quando encontramos ou são gays ou já namoram...

Sabes que mais? Tenho que ir para uma Escola de Dança... isto ou desistir para sempre! LOL

Beijokitas*

Pulha Garcia disse...

Pela minha experiência, demasiadas exigências e profusão de racionalidade. O homem/a mulher que interessa raras vezes bate certo com os prognósticos.

Ps- o homem com quem se deve dançar pode ser encontrado na escola de dança "Alunos de Apolo" ... há lá vários ... base de licitação: 40 anos...

The Love Coach disse...

Excelente Post Fane :)

Um Homem a sério deve ser isso mesmo, um equilíbrio paradoxal entre tudo :)

Um abraço,

The Love Coach

Sílvia Maria disse...

Ai ai...era bom!!! :)

Anônimo disse...

Convenhamos que não uma tarefa fácil...eu até diria que é um esforço quase hercúleo obedecer a esse reduzidíssimo e exigente intervalo de requisitos... para não dizer impossível!!!
O homem perfeito não existe.
R

guessWho disse...

fico com a última frase que escreves-te. sinto e quero o mesmo. acho que até já tenho :)

Anônimo disse...

Querida Kitty sou uma leitora assumida do teu blogmas nunca comentei....mas este teu post deixou-me a pensar?
O que torna alguém bonito? apenas o seu fisico?ou interior bonito também as torna bonitas aos nosso olhos?

Anônimo disse...

Muito bom post! Eu não conseguiria definir melhor... É isso mesmo que todas as mulheres procuram, algumas são pouco persistentes e contentam-se com pouco, mas enfim... Gostei do post, bem escrito!

Beijinho

Anônimo disse...

É mesmo isto Kitty. Sem tirar nem pôr. E...encontrar o espécimen???

Mi disse...

Olá...
Nunca comentei antes, mas desta vez não resisti. Não é um comentário original, já toda a gente o disse antes, mas concordo plenamente com tudo o que escreveste. Infelizmente homens destes são raros. Existem alguns por aí à solta é preciso é ter sorte para os encontrar. Acredito que no fim das contas o homem por quem nos apaixonamos acaba por ser um pouco assim, nem que seja só aos nossos olhos enquanto o amor durar.
Importas-te que ponha um link para este teu post no meu blog? :)

Kitty Fane disse...

Claro que não, ora essa. :-)

Marta disse...

Uma vez mais, uma descrição perfeita!