terça-feira, 8 de setembro de 2009

Nem tudo o que parece é


Audrey Hepburn

À excepção daqueles que realmente privam comigo e me conhecem verdadeiramente, todos me acham uma pessoa muito snob e arrogante, assim uma espécie de gladíolo do livro "O Rapaz de Bronze" da Sophia de Mello Breyner. Ainda nunca percebi porquê. Há dias algumas das minhas colegas diziam que, há três anos, quando me conheceram, me achavam a pessoa mais arrogante do mundo e que nem se sentiam bem a falar comigo, porque eu as incomodava e intimidava. Confessaram-me há dias isso e confessaram-me também que estavam redondamente enganadas.

34 comentários:

Maria disse...

Pá, isto é lugar comum e toda gente te vai dizer isto, mas eu tb sou muito assim. Á partida ninguém gosta muito de mim, e á chegada são bem poucas as pessoas que gosto. Snob? Talvez. Mas também dar a confiança toda, a todas as pessoas para quê?

Mimi disse...

Passando o lugar comum, mas de facto as aparências costumam iludir. É uma armadilha em que facilmente se cai aqui na blogosfera, tende-se a pensar que se conhece alguém por aquilo que se escreve.

Me disse...

Eu sei que parece mentira... mas passa-se o mesmo comigo. Dito inclusive, pelo meu marido e pelo meu melhor amigo!

Mas estou como a minha irmã, prefiro impressionar as pessoas tardiamente, do que desiludi-las;)

Marta disse...

Comigo acontece exactamente o mesmo! Agora, no final do curso, fiquei a saber as mais diversas opiniões que as minhas colegas de faculdade tinham sobre mim, no primeiro ano. Acabou até por ser engraçado!

Miss Kin disse...

Been there... Agora já não passo essa ideia, mas até há bem pouco tempo passava, mas também não sei bem o que é que em mim mudou!

Anônimo disse...

Não disseste que tens uma auto-estima muito elevada? Isso por vezes intimida as pessoas...que não a têm.

Allie disse...

No último jantar de Natal da empresa um dos meus colegas, ao fim de algum tempo a falar comigo disse que nunca imaginou que eu pudesse ser assim tão conversadora e agradável. Realmente, no emprego gosto de manter as distâncias e não ando para aí sempre no conversete e na risota. Já a minha colega é o oposto de mim. E sobre ela ele disse que isso também não lhe inspirava muita confiança. O que eu acho é que raras as vezes a primeira impressão está certa. No teu caso (e no meu) felizmente por isso.

Anônimo disse...

Uma pessoa para ganhar a tua amizade e confiança deve penar...
Julgo que a imagem que transmites na maioria dos posts é a de uma pessoa algo arrogante e com tiques de "Prima Donna"... O que não invalida que o teu blog seja excelente.

_ba_ disse...

A mim também me costumam dizer isto ... passado um tempo (ou anos) lol.
Mas também já cheguei a uma idade em que digo "quem gosta gosta quem não gosta vai andando" portanto também sabem bem com aquilo que contam.
Mas é engraçado os meus colegas dizerem que quando entraram até "tremeram" mas depois de conhecerem até sabem que eu dou a camisa que tenho vestida :-)
Não é coisa que me tire o sono portanto é deixar andar :-)

j disse...

As primeiras aparências são sempre engraçadas, Às vezes acha-se que se vai gostar muito de uma pessoa e quando a conheçe realmente não é bem assim ou então o oposto. ´
Eu costumo observar primeiro e ir ganhando confiança lentamente para não me desiludir.
bj*

Liana Andra Marques disse...

Eu não te conheço e não te acho arrogante. Até te acho fofinha e muito decidida. Pronto.

Juanna disse...

Saber que as pessoas te julgam pelos 5 minutos no café ou pelos posts que aqui deixas, é de lastimar. Não te conheço, duvido que algum dia o venha a fazer e, no entanto, não tenho uma opinião formada sobre ti. Como poderia fazê-lo através de um blog??

Gaja com G maiúsculo disse...

E eu sou mais uma!! Confesso que quando conheço alguém à partida tenho tendência para me distanciar, não dar oportunidade para grandes conversas, é uma forma de protecção. Depois dizem-me o mesmo que tenho ar de arrogante, enjoadinha, ''a mania que sou boa'', etc etc. O bom é q tal como a ti depois de me conhecerem confessam qual foi a primeira impressão e mudam de ideias.
Mais vale assim, que o oposto! Digo eu!

A miúda das letras disse...

Same here.

Luna disse...

Same here. Não usam tanto a expressão arrogante, mas várias pessoas - uma boa parte gajos - me confessam que se sentiam intimidadas por mim antes de me conhecer. É uma questão de postura algo reservada, creio. Que pessoalmente acho mais honesta que a simpatia artificial dos "crowd pleasers".

Anônimo disse...

Pois, comigo também acontece o mesmo, passar uma imagem arrogante por não falar tão abertamente ou ser logo extrovertida quando na verdade é apenas timidez... o pior é que isso afasta os homens!

Shizuka disse...

O post de hoje fez-me lembrar uma trecho de uma conversa que tive com o meu ex-namorado, já há alguns anos.
Ele dizia-me:
- Tu és arrogante, não te percebo! Não falas com ninguém... As pessoas metem-se contigo e tu nada. Deves achas-te muito importante! És uma snob e blá, blá, blá... (Isto porque os amigos dele não “iam muito à bola comigo”)
Ao que eu respondi:
- Sabes qual a diferença ente mim e as tuas amizades??? Vulgaridade... Não sou vulgar e não tenho de me dar a conhecer a toda a gente.
Enfim...
Boa semaninha!

Vanity disse...

lolololol Acontece o mesmo comigo! dizem que tenho inclusivamente uma pose altiva e que ando muito direita! Tenho lá culpa de ter feito ballet! ;)

margarida disse...

Eu também achava isso de uma das melhores amigas que tenho, e já o somos há anos.
E sei o que me intimidava nela: era o ser fashion, muito mais que as outras todas, era gira, daquelas que quando somos adolescentes achamos que nos podem roubar os namorados só porque são mesmo giras,e também tinha uma amiga MESMO arrogante. De resto, quando a conheci, vi que é super amorosa e carinhosa e tudo de bom. (só continua a ser gira que se farta)

Anônimo disse...

Menina Kitty 700 seguidores??? What??

Desculpe mas merece Post! =)

Vania

Joana ' disse...

Olha... Deixa-me discordar dessa ideia pré-concebida e errada que as pessoas têm de ti.
Também não te conheço, é verdade, mas tenho-te como uma pessoa inteligente, determinada, independente e que sabe o que quer... Talvez isso assuste as mentes menos iluminadas :)

Um beijinho

Precis Almana disse...

Se calhar crias alguma distância...
Agora não tem nada a ver, mas tenho a sorte de ter uma madrinha que é parecida com a querida Audrey. E, de certa forma, a minha mãe também era (em novas, ambas). Lindo, não é? :-)

Anônimo disse...

A kitty é tão querida! De mim dizem a mesma coisa , até o meu namorado pensava isso de mim quando me conheceu:)
Mas às vezes as aparências enganam,de mim como há pouco disse comentam que sou arrogante, mas no fundo sou tímida, com uma auto imagem baixa e esta foi a forma q arranjei para me proteger .

Buttafly disse...

Concordo e discordo. Concordo porque dizem o mesmo de mim com alguma frequência e discordo porque não te vejo assim. Cada cabeça sua sentença...

;)

Meow disse...

Passa-se o mesmo comigo. Penso que essa ideia que as pessoas têm de ti (e de mim) advem da distância que mantemos sempre. Até com conhecidos (quase amigos) mantenho alguma dessa distância. E só mesmo os 3 ou 4 amigos do peito que temos é que nos conhecem a sério. Sinceramente, não temos que ser queridas para toda a gente, certo? Eu sou um amor de pessoa (embora não pareça nada) com as pessoas de quem gosto muito. Para o resto das pessoas estou basicamente a marimbar-me!

Anônimo disse...

comigo foi assim sempre mas as vezes sou mesmo arrogante ,porque nao gosto de parecer o que nao sou

Alexandra disse...

Mereces um sorriso enorme por este texto e pelo de cima.

Anônimo disse...

Salomé, Salomé!...

Eis a mulher da última novela da noite na TVI.

Essa imagem transmitida de ti para quem te lê, não te conduz ao realismo do verbo ser.

Eu sou, tu és!..

As arrogâncias Titias, não enganam ninguém.

Abstente do Snob Vip que a seguir te dou a hóstia..

Peter Hansel disse...

Parabens por estares no TOP 20 dos blogs, s]o ]e pena teres cortado a imagem, fiquei curioso para saber o top 10

Rubi disse...

Muita gente tambem tem essa ideia de mim. Depois conhecem e chegam a conclusao que estao enganadas!

fafiaes disse...

O cor-de-rosa vende sempre :)

Mary disse...

Existe a diferença entre ser arrogante e ser verdadeira e frontal, as pessoas não sabem ver as diferenças, eu também sou assim e também me dizem muitas vezes que tenho o nariz arrebitado.
Claro quem me conhece bem, não pensa assim.

Beijos

MissJ disse...

isso é importante, valorizar a verdadeira opinião das pessoas :)

Há imensas pessoas que à primeira vista são assim, e depois são pessoas muito amigáveis mesmo!

E há como eu...tenho uma opinião de mim que sou extrovertida, atrevida e tudo, mas as pessoas dizem-me que ao inicio pareço uma beta, porque sou timida! Lol

e não só... só não dou grandes conversas ao inicio, enquanto não formo uma primeira impressao mais ou menos fundamentada entendes?

PS: se calhar é por isso que ninguém se mete à conversa comigo! XD

Paula disse...

Quando conheci a minha melhor amiga,amiga do coração,que é hoje madrinha do meu filho e eu sou madrinha do filho dela,tambem a achei insuportável e fiquei muito desconfiada.Vinte anos depois,muita conversa,risada,viagens e disparates,retiro tudo o que disse...e reconheço que ela me faz tanta falta!!!