sábado, 8 de agosto de 2009

Duplo Amor



Porque todos temos imperfeições. Tantas. Sobretudo no que toca ao amor. E há tanta história que começa por não se ter quem realmente se ama. Porque, infelizmente, a nossa segunda escolha, por vezes, é a nossa única escolha.

Ele é tão bom actor. Será que este foi mesmo o seu último filme? Espero sinceramente que mude de ideias.

14 comentários:

S* disse...

Considerando que ele não regula bem, acho que devia ir tratar-se.

Quero imeeeeenso ver o filme.

loira disse...

Ele estava tão estranho na sua aparição nos talkshows americanos, espero que volte aos bons filmes que nos habituou a ver.

é verdade, quando não temos quem queremos às vezes cometesse o erro de se estar com alguém para nos confortar desse desgosto. Se é justo?Claro que não. Mas acontece exactamente porque não somos perfeitos...

prada disse...

Ser a unica escolha, não sei se resultará. Infelizmente é muito comum.
Vou ver o filme para a semana

Acelerada disse...

Ele é, de facto, um grande actor. A cabeça dele, entretanto, é que achou que estava na hora de alienar. Not-so-good movie, by the way.

P.s: bla bla... para sempre!! disse...

Quero ver estes filme!! :D

Elena disse...

estou ansiosa de ir ver o filme!

Menino do mar disse...

Já falei desse filme recentemente no meu cantinho, é espectacular. E o Joaquin, bem demais, espero também, sinceramente, que mude de ideias.
Uma curiosidade acerca dele que recentemente descobri, é irmão do falecido River Phoenix.

Beijo

Assim sou eu disse...

Quero ver este filme!!!!!!

Maria João disse...

Vi o filme esta Sexta e... devo dizer que fiquei com um "aperto", daqueles...decididamente, espero nunca ser uma "segunda escolha" de ninguém.

Joana ' disse...

Porque nem todos podemos ter uma primeira escolha... Porque nem todos podemos ficar com quem realmente amamos!

Um filme emocionante, talvez por a história nos parecer tão real..!

Beijinho

Capitão Microondas disse...

o mal deste teu post é que ou muito me engano ou já percebi o fim do filme. Mas quem cá vem por gosto arrisca-se.

Quanto ao Fónix cuidado... não é certo que esteja mal da pinha. Há quem defenda que é um golpe de marketing e/ou uma experiência que o próprio está a conduzir, demonstrando ser capaz de representar a própria vida de forma violenta.

Vejam a entrevista dele no Letterman, no youtube, desconcertante.

mjoaob disse...

:D
...porque quando vi também achei isso tudo.

Mãos de Veludo disse...

Que ele está esquisito, está! Mas que eu quero ver este filme, quero! =D

mazzystar disse...

Amei o filme! O seu realismo faz-nos pensar nos nossos amores, e desamores...
Vou deixar uma sugestão : Elegy (ainda está em exibição), tb excelente